Who's amoung us?

segunda-feira, 20 de janeiro de 2014

BARÃO VAI BOMBAR!

(Informações ACS/P.M.Barão de Cocais)

Vale apresenta o projeto “Expansão Oeste de Brucutu”


A vale apresentou ao Prefeito Armando , na terça feira,14 de janeiro, o projeto da empresa de “Expansão Oeste de Brucutu”.
O empreendimento trata da expansão das atividades de exploração de minério da Mina de Brucutu, que agora segue no sentido territorial de Barão de Cocais.
Chefiada pelo Gerente de Operações das Minas Centrais, Rodrigo Chaves, uma comitiva da empresa se reuniu com o Chefe do Executivo Municipal, seu Vice , Djavan Marques, Secretários Municipais e Funcionários da Prefeitura, para esclarecimentos sobre o projeto.
De acordo com Rodrigo Chaves, a expansão da mina tem previsão de 30 milhões de toneladas/ ano, e vida útil de 30 anos, com possibilidade de atuação até o ano 2040, já que de acordo com pesquisas, a reserva estimada é de 600 Milhões de tonelada de Minério de Ferro (finos de hematita). Outra previsão é da produção de 5 Mil Toneladas/Ano de ‘Finos de Hematita’ e 10 Mil Toneladas/ano de ‘Itabirito’.
Ainda de acordo com o gerente, a massa salarial proveniente de empregos gerados em Barão de Cocais, São Gonçalo e Santa Bárbara pela Vale, possibilitam a geração de renda nestes municípios. São mais de 1400 empregados e uma injeção na economia regional, através dessa massa salarial/Anual, de cerca de R$55.789,000 (Cinquenta e cinco milhões setecentos e oitenta e nove mil reais).
Informações passadas pelo Secretário Municipal de Fazenda, Cirilo Bento, dão conta de que; a expansão que está na divisa Barão de Cocais/São Gonçalo do Rio Abaixo, é relativo ao processo do (DNPM 816623) de 1972. Neste processo, o município Cocaiense tem uma área de 79,11% e São Gonçalo, 20,89%. Os dados são do IGA – (Instituto de Geociências Aplicadas).
Conforme consulta da Vale a Secretária de Fazenda Estadual, o ICMS referente ao processe citado será repassado aos municípios em questão, proporcionalmente ás suas áreas, ou seja, (79,11%) a Barão de Cocais e o restante, ou (20,89%), a São Gonçalo do Rio Abaixo.

Cronogramas de Atividades
A Vale informou na reunião que já esta seguindo os cronogramas de suas atividades, Protocolos de Estudos de Impactos Ambientais e Concessão de Anuência Municipal. Para janeiro de 2014, a empresa iniciará reuniões com os municípios de Barão de Cocais e São Gonçalo do Rio Abaixo e abril do mesmo ano, iniciam-se as Audiências Públicas a respeito do projeto.

Questão Ambiental
O aspecto ambiental também foi tratado no reunião. Segundo a Vale, a previsão das datas de licenciamento ambiental já estão sendo providenciadas, feito isso, o projeto entra em funcionamento a partir do 2º Semestre de 2017.
O Secretario de Meio Ambiente, Túlio Brum, fez alguns questionamentos sobre o assunto, como por exemplo, as documentações de ‘Licenciamento Ambiental Estadual’., no sentido da empresa disponibilizar informações contidas no ‘Formulário de Caracterização do Empreendimento’ (FCE), e o ‘Formulário Básico Integrado’, como também as contrapartidas exigidas pelo Governo do Estado.
Ele também indagou sobre o caráter técnico do empreendimento, no que diz respeito aos pontos de monitoramento de ‘poeira e ruído’. Questionou também, se há vinculado ao processo de licenciamento, algum processo de Outorga do uso dos Recursos Hídricos.
De acordo com o Secretário Ambiental, o tema é importante, pois, sendo o processo produtivo da expansão , a “seco”, é relevante a atuação da empresa, caso seja necessário o uso destes recursos.

Vale responde
Sobre o uso da água, a Vale informou que usará o mesmo ponto de captação, utilizado em Brucutu. Quanto as documentações relativas ao processo de licenciamento estadual e outros assuntos técnicos, a empresa assim o fará, mediante agendamento de reunião pela empresa. O encontro acontecerá na sede da Fazenda Soledade onde funciona a Secretaria Municipal de Meio Ambiente.

Fala do Prefeito
Armando Verdolin, em sua fala, ressaltou a importância das tantas parcerias vitoriosas, envolvendo Vale e Prefeitura. Comemorou os grandes benefícios que a expansão da exploração do minério da Mina de Brucutu poderá trazer para Barão de cocais.

...são muitos os benefícios que esta expansão da vale trará para nossa cidade. O aumento da arrecadação municipal , por exemplo, ajudará de forma concreta, tanto na criação, como no desenvolvimento de programas, projetos e investimentos sociais, onde o grande beneficiado será nosso cidadão. Também fará com que nosso município seja ainda mais forte e de destaque na região. Concluiu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

São aceitos comentários com autoria não identificada (anônimos), desde que não exponham ou citem nomes de pessoas ou instituições de formas pejorativa, caluniosa, injuriosa ou difamatória e mesmo que sejam expostos de forma subliminar ou velada.

Durante o período eleitoral, não serão publicados comentários que citem nomes de candidatos, nem de forma elogiosa, nem crítica.

Caso queira postar uma denúncia, é necessária a identificação do autor (nome completo e e-mail para contato), para que o comentário seja validado. Caso não possa se expor, envie um e-mail para a editoria (contatoitafq@yahoo.com.br), para que a denúncia seja apurada e certificarmos que há condições legais e justas para pautarmos uma postagem.

EM FASE EXPERIMENTAL: Os interessados que tiverem conta no Facebook e que não queiram seus comentários submetidos à moderação podem solicitar as suas inclusões no grupo de discussões "Filhos das Minas", ou, caso já seja participante dele, basta postar seu comentário diretamente no Facebook.