Who's amoung us?

quarta-feira, 20 de novembro de 2013

RESULTADO FINAL DA ENQUETE - 3

(São Gonçalo do Rio Abaixo)


Estes últimos resultados não poderiam ser diferentes. Diante de tudo que a população presenciou durante as últimas campanhas, das fartas distribuições de materiais de construção (sem precedentes na história da cidade!) gravadas e fotografadas, das quatro confirmações do Ministério Público pedindo a cassação, dos foguetórios de intimidações, da longa demora das sentenças e até das provocações dos militantes nas redes sociais, apostando que nada daria para eles, a Justiça não poderia mesmo estar bem na fita.

Se ao menos os Juízes tivessem mostrado maiores interesses, sido mais rápidos (lembrem que as sentenças de primeiras instâncias deveriam ter ocorrido antes da diplomação!), se a população tivesse visto diligências, mandatos de buscas e apreensões, imagino que ela teria figurado com melhores percentuais nesta enquete e resguardaria o ar da isenção.

Enfim, diante do cenário nacional, pode-se dizer que a Justiça local situa-se na contra-mão. Em Brasília, nos últimos dias, a turma do mensalão foi condenada e já está cumprindo pena. Com certeza, o Supremo sabe que o ano de 2014 não será moleza e que as manifestações populares batem à porta novamente. 

Quem aponta para estes sentimentos não sou eu. 84% dos participantes confirmam que não acharam justas as sentenças e 56% (mais da metade) não confia mais na Justiça. A salvação da reputação, entretanto, pode acontecer nas segundas instâncias, quando a enquete mostrou que 16% da população analisada diz que a confiança deles dependerá dos próximos resultados. Tomara que isso ocorra. Eu, como bom mineiro, continuo na minha cisma sem fim. 


Um comentário:

  1. Fernando, tô pasmo com o que a Prefeitura gastar só com as cestas natalinas, sem os perus, que são à parte: nada mais que pouco mais de 360 mil reais. Dividindo o valor a ser pago por 1500 (imaginando que existam aproximadamente 1500 servidores e empregados contratados) dá um valor unitário por cesta de 240 reais. Um baú com produtos dos Estados Unidos, coisa de primeiro mundo, custa 261 reais. Então, a coisa deve ser de primeiríssima qualidade, senão não justifica o preço a ser pago, pois, os perús custarão a bagatela de 81 mil reais, isto fora do valor da cesta. Eita cidade calabrosa....
    Veja o contrato:
    Contrato: 4442013/13
    Fornecedor: DISTRIBUIDORA LANCE CERTO LTDA ME - CNPJ / CPF: 13.845.380/0001-07
    Objeto do Contrato: CESTAS NATALINAS
    Fundamentação Legal:
    DATA VIGÊNCIA VALOR Nº PROCESSO MODALIDADE
    ASSINATURA PUBLICAÇÃO INÍCIO FINAL GLOBAL LICITATÓRIO DO PROCESSO
    31/10/2013 06/11/2013 31/10/2013 31/12/2013 361.000,00 PP 011513 PREGAO
    EMPENHO ORIGINAL UNIDADE ORÇAMENTÁRIA
    EG07305 SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRACAO

    ResponderExcluir

São aceitos comentários com autoria não identificada (anônimos), desde que não exponham ou citem nomes de pessoas ou instituições de formas pejorativa, caluniosa, injuriosa ou difamatória e mesmo que sejam expostos de forma subliminar ou velada.

Durante o período eleitoral, não serão publicados comentários que citem nomes de candidatos, nem de forma elogiosa, nem crítica.

Caso queira postar uma denúncia, é necessária a identificação do autor (nome completo e e-mail para contato), para que o comentário seja validado. Caso não possa se expor, envie um e-mail para a editoria (contatoitafq@yahoo.com.br), para que a denúncia seja apurada e certificarmos que há condições legais e justas para pautarmos uma postagem.

EM FASE EXPERIMENTAL: Os interessados que tiverem conta no Facebook e que não queiram seus comentários submetidos à moderação podem solicitar as suas inclusões no grupo de discussões "Filhos das Minas", ou, caso já seja participante dele, basta postar seu comentário diretamente no Facebook.