Who's amoung us?

sábado, 13 de novembro de 2010

DAMON RESPONDE À PERGUNTA DO LEITOR

 Recebemos, no início da semana, um pedido de um leitor anônimo, para que a gente abordasse o tema abaixo:

"Oi Fernando, gostaria que falasse mais do Neidson, não o conheço e gostaria de ter uma ficha completa, pois pode no futuro tê-lo como vice de Damon e assim vamos torcer para quem não conhecemos."

Daí, como o Damon de Sena, há meses, não tem sido ouvido por este blogue, achamos oportuna a discussão. Ligamos para ele e conseguimos a seguinte entrevista: 

Filhos-do-Cauê: 
-Há possibilidade de uma nova candidatura sua para prefeito, em 2012, compondo com Neidson Freitas, presidente da câmara de vereadores, como vice?
Damon: 
-Bem, Fernando, não está na hora de discutirmos candidaturas para prefeito, nem quem será vice, nem chapas, nem podemos falar, em se tratando de política, que nunca beberemos dessa ou daquela água. Mas, se depender de mim, do Damon, não interesso pela composição com ele e não gostaria, porque não me afino com a política deles (do grupão). O futuro político meu depende do grupo nosso. Vou seguir o que esse grupo definir.
Filhos-do-Cauê:
-Temos ouvido falar nas ruas, também, que Bernardo Mucida, do PT, seria o candidato ideal para vice. O que você acha disso?
Damon: 
-O Bernardo é uma ótima pessoa, gosto muito dele, cheguei a conversar com ele ontem (terça-feira passada), mas, como disse aqui, não está em discussão quais serão os candidatos, inclusive para as vagas para vice, porque é muito cedo.

Filhos-do-Cauê:
-Mas com ele, você se identificaria?
Damon: 
-Por mim, sim. Mas é o que disse, essa discussão tem que vir do grupo de oposição. Aliás, temos que refazer o grupo, largar as vaidades de lado, acertar as propostas e juntar aquele nosso grupo de novo. E mais do que isso, precisamos trazer, pelo menos, mais um partido. Por isso, temos que trabalhar muito, de costurar e dialogar muito.

Filhos-do-Cauê:
-Essas vaidades que se refere, tem a ver com o racha na eleição passada, que cada um seguiu seu interesse particular?
Damon:  
-Na eleição passada, cada partido seguiu suas próprias necessidades. Não se pensou num projeto comum, porque cada partido tinha seus compromissos com suas bases. Na próxima (eleição para prefeito, em 2012), a conversa tem que ser outra.

Filhos-do-Cauê:
-Bem, qual será a premissa para compor as alianças de formação da coligação de oposição? Como pretendem negociar? Na oferta de favores e cargos? Será como tem sido no passado de Itabira e que tem se mostrado extremamente negativo para a população?
Damon:  
-Para a vinda de partidos e formar uma coligação, é necessário negociarmos alguma coisa, por exemplo, cargos de secretários, assessorias etc. É assim que é formado um grupo gestor e que se define a qualidade dele. Só que, o erro que tem ocorrido, é porque ficam com os partidos as secretarias, que eles definem o que querem, deixando o todo sem um rumo comum. Minha idéia é, ao negociarmos os cargos, dar duas oportunidades para cada cargo, de cada partido. Se o secretário indicado, por exemplo, não se alinhar, não atender bem à população, não demonstrar capacidade ou não for bem aceito pela crítica, o prefeito pede ao partido a indicação do substituto. Se o partido indicar outro ruim e o prefeito tiver que substituí-lo de novo, a responsabilidade de retorno do cargo (de uma possível terceira indicação) volta para o prefeito, que pode nomear quem ele entender ser melhor. Eu, Damon, se vier ser prefeito, gostaria de fazer um governo administrado com metas e avaliações de cumprimento delas. Eu não tolero demoras acima de 3 meses. Senão as coisas não andam. Tendo regras como esta, por si só, já contribui para que os partidos tenham compromisso com a qualidade da indicação e isso é bom para o governo, que evita trocas constantes, e bom para a cidade.

Filhos-do-Cauê:
-Por fim, uma pergunta desagradável, mas necessária... Temos ouvido reclamações de radicalismo do seu compadre, Jadir Eustáquio, presidente do PV de Itabira, que tem tratado mal pessoas que têm tentado se aproximar de você, ou em refazer um grupo de oposição.
Damon:  
-Fernando, não tem nada disso. O Jadir é meu amigo e ninguém aqui está fechado para acolher ninguém. Nós temos nossas opiniões e ideologias, queremos propor um governo sério, justo e não queremos errar. O que temos é que largar as vaidades, sermos humildes e ouvir a todos, para, então, o grupo, no todo, tomar as decisões, de forma mais madura e acertada. Não conseguiremos vitória sem formar um grupo forte e maturo. Senão, a cidade vai continuar entregue a esse modelo aí, que não faz nada de bom para a cidade.
Acho engraçado é o grupo de situação tentar pichar pessoas amigas nossas e que nos acompanham há anos e que são honestas. Se olharmos o lado de lá, veremos um monte de ex-secretários e assessores que foram extremamente nocivos para a cidade e para o povo, que enriqueceram subitamente e que seria muito desagradável se eu começasse a citar os nomes, que prefiro não comentar.

Filhos-do-Cauê:
-Bem, Damon, de nossa parte, agradecemos pela oportunidade e as respostas para nossos leitores. Boa sorte nas costuras e até breve.
Damon:  
-Eu é que agradeço, Fernando. Vamos nos falando sempre que precisar. E melhoras para você.

 

9 comentários:

  1. Gosto do Bernardo e da turma jovem!
    Tenho muito boa impressão do Damon, mesmo desconfiado com seus adeptos!
    Vamos em frente.
    Vamos prosear e ir adelante.

    ResponderExcluir
  2. Bom Fernando, esta mt cedo para falar em chapa para prefeito, mas temos a seguinte opiniao, que teremos cerca de 4 candidaturas para prefeito, e o desempenho do PV, nao foi bom, para o cargo de deputado. Mas acredito se a oposicao na rachar poderá ganhar as proximas eleiçoes, além de importar algumas pessoas importantes qualificadas para a campanha do Damon. a situção deverá lançar o medico Marco antonio gomes juntamente com Neidson, alem de Roberto chaves e Ronaldo Magalhaes.

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  4. analisando o momento politico temos:
    havera um nome novo como candidato, pois o candidato com rejeição como damon, adicio, neidson, ronaldo e até marco antonio que se aliou ao PTN do gui, batata, adicio, fernando muniz e raimundão de contagem (rodoviaria de Ipoema esta la).
    então o que sobra: UM NOVO NOME, sem rejeição com bom transito e ajustador.
    em analise de pesquisas da ultima eleição deputado, o damon teve somente 50% dos votos de Prefeito, pois uma parte havia até votado no Prefeito João.
    mas, como nossa cidade tem gente esperta, vamos pagar para ver.
    VEM AÍ UM NOME DE VERDADE, UM NOVO NOME, ALGUÉM QUE NASCEU E AMA ITABIRA, com penetração na Juventude, Igrejas e vida de exemplo.

    ResponderExcluir
  5. Precisamos de uma reforma urgente de agente publico de Itabira, nao havera acordo do tamanho de tanto partido..que venha um novo um soldado com exemplo de vida e honestidade.

    ResponderExcluir
  6. Não entendi quanto o anônimo disse que o PV foi ruim na campanha para deputado! Dr. Damon foi o candidato a Deputado Estadual mais votado em Itabira, ficando como o 9º mais votado do PV em Minas.
    Eu hein?!?

    ResponderExcluir
  7. Pois num é, Lucas?
    Essa tiurminha do governo, onde estão João, Neidison, Ronaldo, Gui, Cássio, Batata, Elaine e companhia parecem gostar de plantar falsas promessas e ilusões.
    Falar que Damon foi mal nas eleiçoes? Quaquaquaquaquaqua!!!
    Eles estão é tremendo nas bases e vendo que o castelo de areia tá caino.
    Ô dó!
    De repente, é mais verdade a tal de internet grátis que o João prometeu, as louzas interativas em todas escolas, saúde de REFERÊNCIA NACIOANAL, o teleférico até o pico do amor, os asfaltamentos pra Nova Era e Monlé, que "a prefeitura fez" e por ai vai.
    quaquaquaquaquaquaquaqua!

    ResponderExcluir
  8. quem herda leega???leva e assim por diante.
    havia pouco tempo, em Itabira, menos de 40 mil eleitores, pois é pouco mais de 10 anos, menos 25 mil veiculos, assim o mundo mudou....e como mudou....o tempo passa, havia um bom governo do Jackson (dr), que veio pela ferida da vida, sentindo o gosto de ser dono do pedaço, perdeu a eleição pelo salto alto, mas ainda é homem de prestigio em nosso municipio, assim voltemos, quem é Damon para ser igual ao Jackson? por isso nao façamos muito dele, pois fica achando que vai, agora vai e ficara de novo a ver navios.
    gente, fé, humildade e sinceridade...vamos torcer pelo novo PT. Bernardo neles.
    Podemos também torcer pelo Roberto Chaves como vice, que tal assim danos uns tapas no grupão...

    ResponderExcluir
  9. bom Lucas Alvarenga, vc deveria prestar mais atencao, pois o PV teve um candidato para governador que nao teve 300mil votos, e diminuiu suas cadeiras tanto estadual e federal. Assim vc deve entender mais de politica, e nao ser emotivo como militante. outro disse "VEM AÍ UM NOME DE VERDADE, UM NOVO NOME, ALGUÉM QUE NASCEU E AMA ITABIRA, com penetração na Juventude, Igrejas e vida de exemplo", até agora nao vimos, será que para 2012 teria tempo para fazer este candidato. ë bom lembrar que Neidson é o menino do grupao, Cacio Guerra, batata, Peron, Gui, Peron, vcs querem isso para Itabira?

    ResponderExcluir

São aceitos comentários com autoria não identificada (anônimos), desde que não exponham ou citem nomes de pessoas ou instituições de formas pejorativa, caluniosa, injuriosa ou difamatória e mesmo que sejam expostos de forma subliminar ou velada.

Durante o período eleitoral, não serão publicados comentários que citem nomes de candidatos, nem de forma elogiosa, nem crítica.

Caso queira postar uma denúncia, é necessária a identificação do autor (nome completo e e-mail para contato), para que o comentário seja validado. Caso não possa se expor, envie um e-mail para a editoria (contatoitafq@yahoo.com.br), para que a denúncia seja apurada e certificarmos que há condições legais e justas para pautarmos uma postagem.

EM FASE EXPERIMENTAL: Os interessados que tiverem conta no Facebook e que não queiram seus comentários submetidos à moderação podem solicitar as suas inclusões no grupo de discussões "Filhos das Minas", ou, caso já seja participante dele, basta postar seu comentário diretamente no Facebook.