Who's amoung us?

quarta-feira, 24 de novembro de 2010

NOVO PRESIDENTE DA CÂMARA SAIU DO G6

Eleito, ontem, o novo presidente da Câmara Municipal de Itabira, para o exercício de 2011: o vereador Sebastião Ferreira (Tãozinho) Leite (PP). Da forma que fora conduzida a eleição, em chapa única, acabou prevalecendo o consenso entre os edis, como forma de 'azeitar' mais as (quase sempre) vaidosas relações políticas.

Meses atrás, um grupo de vereadores rebelou contra a subserviência absoluta a favor do poder executivo, ao formar o G6 (grupo dos 6 opositores), no qual o (quase anônimo) vereador eleito presidente compôs. Desde que atuaram juntos, eles alcançaram uma série de feitos, que melaram os interesses dos governistas e que causaram severas consequências e atrasos. Da eleição proporcional (deputados, senadores, governador e presidente) para cá, o G6 foi reduzido a G2, mantendo na oposição apenas os vereadores Élson Sá (PMDB) e o Paulo Chaves (PSDB). Os demais integrantes, dentre eles Solimar, José Celso e João Grande, hoje voltaram a se afinar com o governo. Bom para o José Celso, que tem eleitorado mais conservador, menos politizado e mais acostumado com o assistencialismo, e muito ruim para os demais, que, ao afinarem na luta, podem perder muito capital político. Quem se saiu bem na fita, também, foi o Tãozinho, que, não fosse a rebeldia inicial, imagino que jamais alcançaria tamanha responsabilidade. A entrada dele na luz da evidência, certamente, foi benéfica para chegar à presidência. Agora, já a sua postura como presidente é que fará a real diferença, que o reconduzirá ao cargo de vereador ou não.

Como se pode perceber, o consenso parece propor um novo tempo de relações, digamos, mais 'próximas de interesses' entre os edis, como forma de colocar uma pá de cal no passado recente na relação entre governo e câmara. A idéia pareceu ser o "tem para todo mundo". Só não vi, entretanto, nessa proposta conciliatória, a inclusão da maioria, ou seja, para a população em peso.


Um comentário:

São aceitos comentários com autoria não identificada (anônimos), desde que não exponham ou citem nomes de pessoas ou instituições de formas pejorativa, caluniosa, injuriosa ou difamatória e mesmo que sejam expostos de forma subliminar ou velada.

Durante o período eleitoral, não serão publicados comentários que citem nomes de candidatos, nem de forma elogiosa, nem crítica.

Caso queira postar uma denúncia, é necessária a identificação do autor (nome completo e e-mail para contato), para que o comentário seja validado. Caso não possa se expor, envie um e-mail para a editoria (contatoitafq@yahoo.com.br), para que a denúncia seja apurada e certificarmos que há condições legais e justas para pautarmos uma postagem.

EM FASE EXPERIMENTAL: Os interessados que tiverem conta no Facebook e que não queiram seus comentários submetidos à moderação podem solicitar as suas inclusões no grupo de discussões "Filhos das Minas", ou, caso já seja participante dele, basta postar seu comentário diretamente no Facebook.