Who's amoung us?

quinta-feira, 20 de junho de 2013

MURROS NA BOCA DO ESTÔMAGO

(Geral)
Estamos à beira de uma revolução civil. 

Os focos ainda estão muito dispersos,
fatos que impulsionam o movimento
e ganha adesão massiva.

Os efeitos na política serão fatais.
Com certeza.

Já as consequências para os civis,
para a economia e para a segurança,
podem perder controle.

Mesmo assim,
é hora de passarmos o Brasil a limpo,
de se fazer Justiça, de não permitirmos
e tolerarmos mais a impunidade.

Assistam a este vídeo,
que dá murros na boca do estômago
da Fifa, dos gringos que deturpam
os valores do nosso povo e dos
maus políticos.




2 comentários:

  1. E começando pelas cidades pequenas.
    Outra coisa o governo municipal pode ir tratando de oferecer o transporte bem baratinho, não digo de graça, mas cobrar uma tarifa simbólica. Mesmo que ofereça benefícios para as pessoas da zona rural que trabalham aqui no centro, cobrar menos ainda deles.

    ResponderExcluir
  2. Há uma operação matemática simples para solucionar o problema do alto custo de vida do povo brasileiro. Se levarmos em consideração que o país é movido a óleo diesel, incluindo termoelétricas, então, se o governo deixar de ser ganancioso e reduzir a carga tributária sobre o diesel, consequentemente o frete será reduzido, a conta de energia será reduzida, e, em cadeia, os produtos transportados Brasil afora, principalmente os gêneros alimentícios. O problema é que enquanto a ganância do Governo cresce em uma proporção geométrica, a distribuição de riquezas cresce em uma proporção aritmética. E, essa desproporção tem causado o disparate atual, com o endividamento da população, com a falsa sensação de um crédito fácil oferecido pelas instituições bancárias, e, o povo, na ânsia de poder melhorar de vida, envereda-se por esse caminho, tornando o custo de vida ainda mais alto. Ora, se tiver boa vontade política, com apenas uma ou duas assinaturas o Governo resolve, senão todo o problema da nação, pelo menos grande parte desse problema.
    Por outro lado, a corrupção corrói o orçamento governamental, tomando como exemplo apenas o Trevo de Itabira, que teve um orçamento estimado em dois milhões de reais apenas para aquele Trevo, e que foi barrado pelo Tribunal de Contas da União, graças a gloriosa intervenção do Ministério Público Federal. Então, é ou não é fácil solucionar o problema do elevado custo de vida do brasileiro. Basta coragem e boa vontade política, volto a afirmar.

    ResponderExcluir

São aceitos comentários com autoria não identificada (anônimos), desde que não exponham ou citem nomes de pessoas ou instituições de formas pejorativa, caluniosa, injuriosa ou difamatória e mesmo que sejam expostos de forma subliminar ou velada.

Durante o período eleitoral, não serão publicados comentários que citem nomes de candidatos, nem de forma elogiosa, nem crítica.

Caso queira postar uma denúncia, é necessária a identificação do autor (nome completo e e-mail para contato), para que o comentário seja validado. Caso não possa se expor, envie um e-mail para a editoria (contatoitafq@yahoo.com.br), para que a denúncia seja apurada e certificarmos que há condições legais e justas para pautarmos uma postagem.

EM FASE EXPERIMENTAL: Os interessados que tiverem conta no Facebook e que não queiram seus comentários submetidos à moderação podem solicitar as suas inclusões no grupo de discussões "Filhos das Minas", ou, caso já seja participante dele, basta postar seu comentário diretamente no Facebook.