Who's amoung us?

quarta-feira, 19 de junho de 2013

PROCESSO DE CASSAÇÃO: MARCADA NOVA AUDIÊNCIA

(São Gonçalo do Rio Abaixo)
Definida a data de audiência de instrução do processo 63.706, considerado o mais grave e com melhores chances de cassação do prefeito Antônio Carlos Noronha Bicalho (PDT), de São Gonçalo, movido pela coligação “Juntos por amor e respeito a São Gonçao”. Esta é a primeira audiência, marcada para 24 de julho, às 9 e meia da manhã.
Só recordando, neste processo contém denúncias de doações de materiais de construção para as residências onde haviam banners afixados do candidato do governo, apontados como mercadorias de compra de votos, tendo ultrapassado, segundo os primeiros levantamentos feitos pela coligação autora, a ordem de 188,3% com relação ao ano anterior. Além desta denúncia de abuso de poder funcional, constam ainda recibos assinados de fornecimento de material hidráulico do Departamento de Água e Esgoto (Dae) para possíveis eleitores e empreiteiras (Clique aqui para mais informações).
Pela segunda vez, o Juiz José Afonso Neto negou o pedido de prova pericial, desta vez solicitado pela coligação autora. Os outros processos mais brandos (Aije 63.888 e Aije 63.794), que o Juiz de Santa Bárbara julgou os pedidos de cassação como improcedentes, ou seja, que absolveu o prefeito, vice e ex-prefeito, aguardam novas audiências de segunda instância no TRE-MG.
Para qualquer uma das partes do processo que desejar se manifestar ou repassar mais detalhes, nosso blogue está à inteira disposição para publicar. Basta enviar-nos suas considerações para o e-mail contatoitafq@yahoo.com.br.

3 comentários:

  1. Para embalar a discussão:
    Hoje o prefeito de Barão de Cocais foi cassado!
    Ainda há uma esperança de justiça rondando as imediações!!!

    ResponderExcluir
  2. Aqui em São Gonçalo? Será?.....Nós estamos dormindo em berço esplêndido

    ResponderExcluir
  3. Vamos ver a interpretação do MP que, na ocasião passada estabeleceu o pedido de cassação na qual o juiz foi contra, absolvendo os candidatos nos primeiros processos.
    O fato é que, se o MP manter o pedido de cassação seria um pouco sinistro e improvável que pela terceira vez o juiz não concordasse com o próprio, assim sendo, as chances agora mudaram de lado ficando um pouco mais difícil para coligação atual em exercício comprovar veracidade em sua inocência...
    "Já se foram dois tiros, mais agora é o terceiro e a população espera um parecer do juiz, pois afinal os governantes são funcionários em nossa casa São Gonçalense, e não admitimos sujeiras debaixo do nosso tapete".

    ResponderExcluir

São aceitos comentários com autoria não identificada (anônimos), desde que não exponham ou citem nomes de pessoas ou instituições de formas pejorativa, caluniosa, injuriosa ou difamatória e mesmo que sejam expostos de forma subliminar ou velada.

Durante o período eleitoral, não serão publicados comentários que citem nomes de candidatos, nem de forma elogiosa, nem crítica.

Caso queira postar uma denúncia, é necessária a identificação do autor (nome completo e e-mail para contato), para que o comentário seja validado. Caso não possa se expor, envie um e-mail para a editoria (contatoitafq@yahoo.com.br), para que a denúncia seja apurada e certificarmos que há condições legais e justas para pautarmos uma postagem.

EM FASE EXPERIMENTAL: Os interessados que tiverem conta no Facebook e que não queiram seus comentários submetidos à moderação podem solicitar as suas inclusões no grupo de discussões "Filhos das Minas", ou, caso já seja participante dele, basta postar seu comentário diretamente no Facebook.