Who's amoung us?

terça-feira, 4 de outubro de 2011

DENGUE NA ÁREA (DE NOVO)

Segundo o portal Via Comercial, Itabira encerra os primeiros 9 meses de 2011, com 44 casos confirmados de dengue, dentre eles, 4 casos oriundos de outros municípios), fora as outras 37 amostras em  análises.

Um novo Liraa - Levantamento de Índice Rápido de Infestação -  está sendo preparado para o período de 17 a 21 deste mês, pela Secretaria Municipal de Saúde.

O efetivo da prefeitura se esforça, mas, segundo o coordenador municipal das ações de combate ao mosquito Aedes aegity, Roberto Quintão Guerra, o controle do foco só é possível com a colaboração e mobilização da população. E ele tem plena razão. Só este ano, 241 casos já foram notificados e, com a chegada das chuvas, os casos de dengue tendem a avançar mais. Daí, faz-se urgente a participação de todos os cidadãos.

Lamentavelmente, Itabira figura com índice de infestação de 3,31% (tendo alguns bairros ultrapassado de 10%), enquanto a OMS - Organização Mundial de Saúde -  admite até 1%. 

É Itabira se posicionando como "Referência Nacional em Saúde"!

2 comentários:

  1. A dengue é ruim, mas o governo do grupão é mil vezes pior.

    Noé do Campim Cheiroso.

    ResponderExcluir
  2. olha é tanto pernilongo que tou viciada em quando mato ele com a mão rsrrs olho pra ver se é o da dengue , patinha com listas bracas etc , olha na casa da minha sogra no bairro pará juro que matei dois da dengue com a mão ,não sei se estavam contaminados mais era o transmissor!!!

    ResponderExcluir

São aceitos comentários com autoria não identificada (anônimos), desde que não exponham ou citem nomes de pessoas ou instituições de formas pejorativa, caluniosa, injuriosa ou difamatória e mesmo que sejam expostos de forma subliminar ou velada.

Durante o período eleitoral, não serão publicados comentários que citem nomes de candidatos, nem de forma elogiosa, nem crítica.

Caso queira postar uma denúncia, é necessária a identificação do autor (nome completo e e-mail para contato), para que o comentário seja validado. Caso não possa se expor, envie um e-mail para a editoria (contatoitafq@yahoo.com.br), para que a denúncia seja apurada e certificarmos que há condições legais e justas para pautarmos uma postagem.

EM FASE EXPERIMENTAL: Os interessados que tiverem conta no Facebook e que não queiram seus comentários submetidos à moderação podem solicitar as suas inclusões no grupo de discussões "Filhos das Minas", ou, caso já seja participante dele, basta postar seu comentário diretamente no Facebook.