Who's amoung us?

segunda-feira, 31 de outubro de 2011

INAUGURAÇÃO DO PRIMEIRO PRÉDIO DA UNIFEI

Fotografia registrada por um aluno, num celular.
A prefeitura de Itabira inaugura o primeiro prédio do complexo universitário da Unifei-Itabira, no final da tarde de segunda-feira (31/10/2011), após longo atraso para início e entrega das obras, enquanto os alunos, sem outra alternativa, eram alojados em contêineres improvisados, instalados no que a prefeitura chama de "Itec-Parque Tecnológico de Itabira" (clique aqui para ver), desde o ano de 2008.

Orçado em R$ 15,6 milhões, o prédio conta 4 pavimentos, num total de 4.244 mil m², divididos em  60 salas de aula, sala de reunião, praça de alimentação, auditório, laboratórios, sanitários, escadas de acesso e um elevador.

A arquitetura, segundo a assessoria de comunicação da prefeitura, é voltada para o ecodesenvolvimento, que se pauta no menor consumo dos recursos naturais para a edificação e manutenção, dos pontos de vista de aproveitamento da ventilação e iluminação naturais e  de captação e reaproveitamento da água pluvial. 

Fotografia registrada por um aluno, num celular.
 
 

2 comentários:

São aceitos comentários com autoria não identificada (anônimos), desde que não exponham ou citem nomes de pessoas ou instituições de formas pejorativa, caluniosa, injuriosa ou difamatória e mesmo que sejam expostos de forma subliminar ou velada.

Durante o período eleitoral, não serão publicados comentários que citem nomes de candidatos, nem de forma elogiosa, nem crítica.

Caso queira postar uma denúncia, é necessária a identificação do autor (nome completo e e-mail para contato), para que o comentário seja validado. Caso não possa se expor, envie um e-mail para a editoria (contatoitafq@yahoo.com.br), para que a denúncia seja apurada e certificarmos que há condições legais e justas para pautarmos uma postagem.

EM FASE EXPERIMENTAL: Os interessados que tiverem conta no Facebook e que não queiram seus comentários submetidos à moderação podem solicitar as suas inclusões no grupo de discussões "Filhos das Minas", ou, caso já seja participante dele, basta postar seu comentário diretamente no Facebook.