Who's amoung us?

quarta-feira, 19 de outubro de 2011

PARA PREFEITO EM 2012, FULANO DE TAL

O Trem deste mês trouxe uma análise muito interessante sobre os pré-candidatos a prefeito de Itabira. Um retrato bem fiel do atual cenário, que serve de dicas para que os postulantes se preparem melhor e para que os eleitores continuem estimulados na discussão sobre o futuro administrador da bilionária Itabira, que não tem tempo para errar mais.
  
Gentilmente, Marcos Caldeira, dono d'O Trem, nos cedeu os textos, que publicaremos, por partes, ao longo da semana. Curtam, analisem e critiquem!
 
"A eleição que dará a Itabira um tão necessário prefeito novo já é o assunto dominante na cidade, e é ótimo que o seja, pois o alheamento político, definitivamente, não convém. O TREM faz algumas considerações sobre os principais nomes até agora aventados.
  
Damon de Sena
 
É o mais forte. Traz bom capital político, acumulado em três eleições perdidas, mas nas quais se firmou como o principal opositor ao brutalmente desgastado grupo político que esfola Itabira desde 2001, liderado
pelo ex-prefeito Ronaldo Magalhães e pelo atual prefeito, João Izael. Sem desgaste, está com o nome fresquinho na cabeça do eleitorado.
  
Para garantir a cadeira de prefeito, precisa de coligações inteligentes, que lhe tragam um bom vice. Dois perigos, que podem derrubá-lo: errar demasiadamente em comunicação ou se aliar com gente queimada, que a população não mais suporta. Damon de Sena diz que jamais se juntará com líderes do grupo que arregaça Itabira desde 2001 e que devassou a vida pessoal dele nas eleições de 2004 e 2008, com baixarias homéricas".
por Marcos Caldeira - O Trem.

Um comentário:

  1. Para o Damon se queimar é fácinho, fácinho, basta se aliar com o torrado Ronaldo Magalhães. Os votos dele viram água rapidinho.
    Noé do Campim Cheiroso.

    ResponderExcluir

São aceitos comentários com autoria não identificada (anônimos), desde que não exponham ou citem nomes de pessoas ou instituições de formas pejorativa, caluniosa, injuriosa ou difamatória e mesmo que sejam expostos de forma subliminar ou velada.

Durante o período eleitoral, não serão publicados comentários que citem nomes de candidatos, nem de forma elogiosa, nem crítica.

Caso queira postar uma denúncia, é necessária a identificação do autor (nome completo e e-mail para contato), para que o comentário seja validado. Caso não possa se expor, envie um e-mail para a editoria (contatoitafq@yahoo.com.br), para que a denúncia seja apurada e certificarmos que há condições legais e justas para pautarmos uma postagem.

EM FASE EXPERIMENTAL: Os interessados que tiverem conta no Facebook e que não queiram seus comentários submetidos à moderação podem solicitar as suas inclusões no grupo de discussões "Filhos das Minas", ou, caso já seja participante dele, basta postar seu comentário diretamente no Facebook.