Who's amoung us?

terça-feira, 25 de outubro de 2011

MEIA BOMBA

Ontem, pela manhã, o vice-prefeito Roberto Chaves-PSDB, anunciou, oficialmente, o rompimento político do partido dele com o governo João Izael-PR. 
 
Dizemos, oficialmente, porque, em fevereiro de 2010, o vice-prefeito já havia disparado os primeiros ataques, quando deu entrevista para o programa do Vagner Ferreira, na rádio Caraça-FM (comprada por integrantes do "grupão"), com as primeiras críticas contra o governo. Na ocasião, o Filhos do Cauê noticiou e comentou sobre possíveis rompimentos, na crônica "A vespa e a aranha" (clique aqui para ler, que vale a pena). 
  
Portanto, o que assistimos agora, nada mais é, do que a concretização da metáfora apresentada no referido artigo do link acima, na qual comparamos o governo João, com uma caranguejeira, que é comida viva, por dentro, pelas larvas da vespa do gênero Pepsis.
    
 
AS OUTRAS LARVAS
 
A primeira investida velada e mais concreta contra o governo veio do PP, na virada de 2010 para 2011, ao aliar-se com o ex(?)-opositor PT. Velada, porque não se viu, claramente, qual comportamento prevaleceria. Se o PP tenderia para centro ou para a oposição, ou se o PT se tornaria grupão. 
  
Certo é, que assistimos a um festival de falta de ideologia e de estranhos comportamentos éticos, ao acompanharmos militantes e componentes da direção do PT, não poupando críticas contra o governo nas redes sociais, enquanto  compunham e comiam o mesmo corpo do governo. Fatos esses, também, noticiados neste blogue, desde que se uniram. 
  
Já as lideranças do PP tiveram comportamento mais acometido e até mesmo subserviente, com relação ao governo. Ciscaram num lado e comiam no outro, onde apostavam para o futuro próximo. 
  
E o governo? Não entendemos nada. Não se incomodou e não se posicionou. Ao que parece, dava linha. Se o projeto PP/PT desse certo, como são maioria, teriam chances de retomar as rédeas e permanecerem no poder, deixando o PT de lado. Pelo menos, essa parece ser a única explicação, não!?!
 
E então, outros sinais sucedem com o aproximar das novas eleições. O PMDB filiou o Reginaldo Calixto, com bom cacife para vir a prefeito, e o combativo presidente do sindicato dos servidores, José da Penha, que deixou o PV, em situação mal explicada para a população.
 
Agora, a meia bomba saiu do PSDB, que, ao ser ser deixado mais de lado pelo governo, rompeu oficialmente, com entrega de cargos e veículos. Ouçam o depoimento do Roberto Chaves-PSDB, numa coletiva, para a Rádio Itabira-AM.
 

video

QUÊ EFEITOS TÊM AS SAÍDAS DO VICE E DO PSDB?
 
Que o PSDB tem bons nomes, tem. Geraldo Rubens, secretário de Planejamento, altamente técnico, e Alberico Mafra, que tem cacife para ser secretário e dirigia a Policlínica, são as mais significativas baixas.
  
O governo pode perder, também, boa parte dos acessos com Mauri Torres, atual conselheiro do Tribunal de Contas, e com o governo mineiro, do Antônio Anastasia, que são do PSDB. Outra perda será com relação ao tempo de mídia eletrônica, de rádio e TV, na propaganda eleitoral gratuita, que passa a ser assediado por dois grupos, do PSB e da dobradinha PP/PT.
  
Entretanto, todavia, contudo... não há como não questionarmos... qualquer rompimento, depois de tanto se fartarem das vísceras da tarântula, parece perverso, não? Mas é da natureza de cada um. Fazer o quê...

5 comentários:

  1. Engraçado que na abertura de sua fala o Vice Prefeito,plagiou o mote de campanha de Damom na eleição passada,se,ele achava que e Itabira podia e merecia mais,porque ele ficou no lado desta sucia de .......os até hoje? Sabe o que eu acho? Este cara é um tremendo oportunista e muita gente ainda não entendeu isto. ele já antevê o barco dando água e quer se segurar em outra "boquinha". Espertinho ele né? SDS

    ResponderExcluir
  2. O vice-prefeito Roberto Chaves (PSDB) precisa ser convincente ao explicar sua decisão de romper com o prefeito e seu grupo do qual fez parte e usufruiu das benesses durante oito anos. Por que só agora o nobre tucano emplumado resolveu chutar o pau da barraca? Ué... Depois de mamar nas tetas do poder durante todo esse tempo, vem esse cidadão com fisionomia de frade franciscano justificar o injustificável, como se não soubesse de nada e sobre nada que acontecia nos bastidores do poder? Para completar a demagogia, Roberto Chaves anunciou que os cargos ocupados pelo partido no primeiro escalão da prefeitura serão entregues pelos titulares, mas que vai continuar como vice, por se tratar de cargo eletivo. Ora, cara pálida! Como é que o senhor quer ganhar credibilidade se vem a público anunciar que vai ser oposição ao governo que serviu e se serviu e continuar recebendo religiosamente o salário pago pelo cidadão de bem que paga seus impostos? Tudo bem que o nobre tucano seja a partir de hoje mais um desconte com o grupão da maracutaia. Para ser coerente com seu discurso, nobre vice de nada, pegue o boné, devolva seu salário aos cofres públicos e vá ver se o eleitor itabirano está ali na esquina.

    ResponderExcluir
  3. acho que o roberto chaves, homem forte do carmo, me deixa pensar:
    as palavras voam, assim se escrever acho que formalizara.
    2- e agora vai pedir para retirar as verbas do municipio?
    3- sera que foi pedir para itabira..
    4- quem pagara os compromissos dos membros do PSDB?
    esse filme já assistimos..

    ResponderExcluir
  4. Parece que para dar visibilidade ao governo que perde expressão e credibilidade, o grupão resolveu inovar envelhecendo. Estão se mostrando tal qual aquela figura mitológica, a 'MEDUSA' com várias cabeças. A cada cabeça cortada(mais de duas dezenas só do PSDB) surgem outras, mas sem o cérebro - isto se nota pelos 'esclarecimentos' do vice que não consegue convencer e pelo silêncio do titular que não encontra explicações por tantas baixas. Numa coisa é preciso concordar, a adaptação feita pelo grupão desta história, com direito a encenação da figura mitológica que vai perdendo suas cabeças não foi má ideia; demonstram que querem dar sobrevida a este governo. Um esforço inútil e desnecessário, pelo menos todos nós já sabemos de cor e salteado o final trágico da medusa. Faço um convite aos itabiranos: Cidadãos de Itabira, comprem pipoca, reservem o melhor lugar(camarote) e feliz espetáculo.

    ResponderExcluir
  5. E os empregos no Governo que pertence aos dois vereadores do PSDB, vão continuar junto com o Governo ou irão entregar?

    ResponderExcluir

São aceitos comentários com autoria não identificada (anônimos), desde que não exponham ou citem nomes de pessoas ou instituições de formas pejorativa, caluniosa, injuriosa ou difamatória e mesmo que sejam expostos de forma subliminar ou velada.

Durante o período eleitoral, não serão publicados comentários que citem nomes de candidatos, nem de forma elogiosa, nem crítica.

Caso queira postar uma denúncia, é necessária a identificação do autor (nome completo e e-mail para contato), para que o comentário seja validado. Caso não possa se expor, envie um e-mail para a editoria (contatoitafq@yahoo.com.br), para que a denúncia seja apurada e certificarmos que há condições legais e justas para pautarmos uma postagem.

EM FASE EXPERIMENTAL: Os interessados que tiverem conta no Facebook e que não queiram seus comentários submetidos à moderação podem solicitar as suas inclusões no grupo de discussões "Filhos das Minas", ou, caso já seja participante dele, basta postar seu comentário diretamente no Facebook.