Who's amoung us?

quinta-feira, 20 de outubro de 2011

A FUNCESI E OS MAUS TRATOS À COMUNIDADE

Outro dia recebi um convite via mensagem eletrônica (vulgo e-mail) da FUNCESI para o vestibular 2012 e hoje, peguei o carro, fui lá para me informar melhor presencialmente a respeito das disciplinas e custo de inscrição para comunicar a meu filho, perdi a viagem.

Ao chegar lá não entendi nada, durante o dia em que quase todas as vagas do estacionametnos estão vazias, os visitantes e pretendentes a aluno não podem adentrar lá com o seu automóvel e têm de deixar o veículo no pequeno estacionamento para visitantes; por incrível que pareça são somente quatro vagas e naquele momento todas estavam ocupadas.

Perguntei ao porteiro e ele me disse que deveria deixar o automóvel fora dos portões da faculdade pública itabirana e ir a pé até à secretaria, perguntei se deixava o carro fechando as quatros vagas ou na rodovia, fiquei sem resposta.

Sei que o porteiro segue normas impostas pela direção (?) da faculdade, mas cheguei a triste conclusão que a pessoa que ditou esta norma para o estacionamento dos visitantes é meramente um "retardado mental", que está preocupado somente com o próprio umbigo e o salário no final do mês e não preza por novos alunos naquela escola, nem como possível contribuinte ao seu salário.

Esta faculdade é mantida e foi criada com dinheiro público, até antes do PROUNI só dava bolsas de estudos a quem o prefeito municipal indicasse e simplesmente a comunidade, por mais uma vez, continua sendo mau tratada por uma entidade pública municipal.

Para quem quiser melhores informações daquela escola é melhor ir ao sítio eletrônicowww.funcesi.br e pesquisar sobre o curso pretendido, já informando que a inscrição ao vestibular 2012 custa R$50,00.

Creio ser este um mau crônico em Itabira, o dos mentecaptos de plantão!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

São aceitos comentários com autoria não identificada (anônimos), desde que não exponham ou citem nomes de pessoas ou instituições de formas pejorativa, caluniosa, injuriosa ou difamatória e mesmo que sejam expostos de forma subliminar ou velada.

Durante o período eleitoral, não serão publicados comentários que citem nomes de candidatos, nem de forma elogiosa, nem crítica.

Caso queira postar uma denúncia, é necessária a identificação do autor (nome completo e e-mail para contato), para que o comentário seja validado. Caso não possa se expor, envie um e-mail para a editoria (contatoitafq@yahoo.com.br), para que a denúncia seja apurada e certificarmos que há condições legais e justas para pautarmos uma postagem.

EM FASE EXPERIMENTAL: Os interessados que tiverem conta no Facebook e que não queiram seus comentários submetidos à moderação podem solicitar as suas inclusões no grupo de discussões "Filhos das Minas", ou, caso já seja participante dele, basta postar seu comentário diretamente no Facebook.