Who's amoung us?

quinta-feira, 5 de janeiro de 2012

Dor di Mundo

Nha coraçon ta sofrê Ku manera modi guenti ta tratá Casarões di nha Itabira.

Tudo ta degradad. Ta sem beleza i ta sem virtudi di genti. Odji es mais faxi compra tudo pront. Ocê ta bai na loja, ta comprá paredi pronta. Ta mandá genti dirrubá Casarão i despois ta mandá construi casas sem graça, tudo feio.

Toda dona qui manda ni tudo, ni toda genti i ta assiná contrato pra dirrubada i ta fla que es crescimento, melhoria di nha cidadi.

Depois toda genti ta pega vira a cara i ta balançá cabeça pra modi di ta fla ki nun ta guentando zoiá a porcaria construida nu lugar di Casarão antigo i bunitu.

A dor di Mundo es que tud is ta contecê sempri em nha terra, muita guenti ta dizê que es bunitu prédio feio nu lugar di prédio antigo, ta dizê que es fixe, mas es genti mentecapta qui num percebe qui preservar Casarões ta fazê parti de nossa Cultura qui tá morrê cada dia que disaparece um patrimônio.

Ami ta usá tampador na nha oio pamodi n´k´rer vê derrubada di casa antiga i nom isquece qui as poucas ainda di pé inda es tudu bunita.

6 comentários:

  1. O momento não é de complicar a linguagem e sim falar claramente. Vamos deixar esse tupiguarani de quinta pra lá e falar sério. Joca Tomazinho.

    ResponderExcluir
  2. Ô Joca Tomazinho, primeiramente este texto não está na Língua Tupi (tupiguarani não existe) e está na Língua Creolo.

    Há um outro texto meu neste blogue e em outros portais que sou colunista que expões muito claramento meu pensamento a respeito desta situação e de como a Chefe do Governo de Itabira mandou demolir um Patrimônio Histórico de nossa cidade e pelo visto você não teve capacidade de leitura ou tempo para lê-lo.

    A Língua Creolo pode parecer simples, mas torna-se complicada e inintelegível para iletrados ou semi-analfabetos na Língua Portuguesa ou no Caipira usual do mineiro interiorano.

    Infelizmente só conheço algumas palavras da Língua Tupi e ainda não me sinto capaz de redigir um bom texto nesta Língua como este apresentado aqui em Creolo.

    Fernandinho, responder anônimo é PHoda e responder a pseudônimo de não sei quem é PHoda do mesmo jeito!

    ResponderExcluir
  3. KKKKKKKKKKKKKKKKKKK Boa Mauro Moura...

    ResponderExcluir
  4. Anônimo, putz, é de rir ou de chorar com tanta imbecilidade que se lê ou ouve em Itabira... rs

    ResponderExcluir
  5. José Antônio Carvalho dos Santos8 de janeiro de 2012 21:06

    muito boa Mauro, escrever em creole
    para o criolo mor entender.
    o pior prefeito da história de itabira.
    Não é assim para a pseudo-elite itabirana?
    para quem se acha europeu por causa do sobrenome,
    nao tem coisa pior.

    ResponderExcluir
  6. Pois é, José Antonio, nem mesmo tentando chegar mais próximo do prefeito Jão com outra Língua, já que o português ele não está compreendendo, vamos buscando alguma outra maneira de diálogo para elucidar estas e muitas outras necessidades para que Itabira se transforme realmente na cidade do "Bem Viver".

    ResponderExcluir

São aceitos comentários com autoria não identificada (anônimos), desde que não exponham ou citem nomes de pessoas ou instituições de formas pejorativa, caluniosa, injuriosa ou difamatória e mesmo que sejam expostos de forma subliminar ou velada.

Durante o período eleitoral, não serão publicados comentários que citem nomes de candidatos, nem de forma elogiosa, nem crítica.

Caso queira postar uma denúncia, é necessária a identificação do autor (nome completo e e-mail para contato), para que o comentário seja validado. Caso não possa se expor, envie um e-mail para a editoria (contatoitafq@yahoo.com.br), para que a denúncia seja apurada e certificarmos que há condições legais e justas para pautarmos uma postagem.

EM FASE EXPERIMENTAL: Os interessados que tiverem conta no Facebook e que não queiram seus comentários submetidos à moderação podem solicitar as suas inclusões no grupo de discussões "Filhos das Minas", ou, caso já seja participante dele, basta postar seu comentário diretamente no Facebook.