Who's amoung us?

quarta-feira, 23 de novembro de 2011

Manifesto do PSB Itabira

MANIFESTO DO PARTIDO SOCIALISTA BRASILEIRO DE ITABIRA
Um novo caminho para Itabira avançar

O PSB Itabira vem a público manifestar que tem como princípio essencial fazer política com ética e transparência, em defesa da democracia plena, buscando sempre a justiça social e a promoção da cidadania.

Temos a clareza de que vivemos numa cidade onde se produz uma imensa riqueza, graças à exploração, em grande escala, do minério de ferro – recurso não renovável. Isso faz com que Itabira esteja entre as dez cidades mineiras que mais arrecadam impostos.

Certamente, tal fato poderia nos deixar orgulhosos e cheios de esperança, pois dispomos de recursos para, a cada dia, construirmos uma cidade melhor e criar alternativas de desenvolvimento. Porém, lamentavelmente, constatamos que a riqueza aqui gerada à custa de muito trabalho tem beneficiado apenas uma minoria da população.

Para nós do PSB existem razões para essa injusta distorção. A aplicação dos recursos públicos não tem sido feita de modo eficiente. E isto é devido ao clientelismo instalado na administração municipal que leva ao nepotismo e à injustificável elevação do custeio da máquina pública, criando assim a perversa contradição de sermos uma cidade rica com pouquíssimas realizações. Outro fator a inibir a potencialidade de crescimento de Itabira é a ausência da concepção de que o desenvolvimento de uma cidade só é justo quando acompanhado de programas que promovam a inclusão social.

Frente a esta realidade, o PSB entende que é urgente realizar profundas mudanças no modo de se fazer política em nossa cidade. Propomos, portanto, a construção de um modelo de gestão pública compromissado com a eficiência dos gastos e com a prioridade de canalizar os recursos públicos para proporcionar oportunidades de vida digna às camadas pobres e excluídas que, infelizmente, formam a maior parte da população de nossa cidade.

Somos conscientes de que, embora mais do que justa, a realização de tal propósito enfrentará profundas resistências das forças políticas conservadoras encasteladas no poder. Estamos dispostos a enfrentar o desafio! Temos a humildade em reconhecer que não somos os donos de uma verdade absoluta, mas também temos a forte convicção de que Itabira pode ser uma cidade mais justa.

A crença a mover nossa ação política é de que as necessárias, verdadeiras e duradouras transformações econômicas e sociais só acontecerão através de amplo diálogo com o povo de nossa cidade. Uma organização política moderna deve estar aberta à mais completa descentralização do poder e à interferência sistemática dos cidadãos.

A principal luta do PSB é pela implantação de um governo democrático e popular que garanta aos cidadãos, segurança, educação e saúde de qualidade e o direito à moradia; que melhore a infraestrutura urbana; que preserve o patrimônio artístico e cultural e a nossa história; que respeite o meio-ambiente; que assegure futuro promissor às crianças; que dê dignidade aos idosos; que evite a marginalização dos jovens; que melhore a qualidade de vida das populações rurais e da periferia e que combata radicalmente a corrupção, privilégios e os desmandos no trato da coisa pública de modo a melhorar a qualidade de vida do povo itabirano.

É por isto que nós, do PSB de Itabira, de coração aberto, fazemos um chamado aos cidadãos de bem, aos movimentos populares e aos partidos políticos que comungam com esses ideais a cerrar fileiras conosco para, nas eleições municipais de 2012, tornar real este sonho transformador, honesto e solidário. Como disse nestes belíssimos versos o nosso saudoso poeta e filho ilustre de Itabira, Carlos Drummond de Andrade:

“O presente é tão grande, não nos afastemos
Não nos afastemos muito, vamos de mãos dadas.”

Por uma Itabira próspera e justa!

Comissão Executiva Provisória do PSB de Itabira
22 de novembro de 2011

3 comentários:

  1. Integrantes do PSB e todos os outros partidos políticos: o que vocês anseiam não é novidade para ninguém. É o mesmo blá blá blá de sempre. Gostaria de saber COMO vcs irão implementar todas essas suas boas idéias???. Pedir voto é bom. Porém onde vcs estavam quando aconteceu a desocupação do bairro Drummond??. O quê vcs fizeram quando "poucos" se enriqueciam às custas dos pobres pagadores de impostos e vítimas da poluição da vale???. A gente já está cansado com promessas queremos ação, planejamento e compromisso (de preferência assinado pelos senhores).

    ResponderExcluir
  2. O PSB saiu na frente ao anunciar Bernardo Mucida como pré-candidato a prefeito. A política é dinâmica, pode haver intempéries eleitorais, mas ficar fazendo suspense sobre possíveis candidaturas é jogo de cena para iludir principiantes. Bernardo é jovem liderança com idéias inovadoras, mas peca pela imaturidade política inerente à sua geração. O novo socialista do Mato Dentro precisa ser mais incisivo em suas propostas e consistente com relação ao grupão da maracutaia. Não pode ficar nas entrelinhas ao se referir ao mandato do atual prefeito. O PSB fincou bandeira no Metabase, Aposvale e outras entidades de classe que podem engrossar as fileiras do partido. Como recordar não custa dinheiro, esta experiência foi um fiasco nas eleições municipais de 1992, quando na ocasião os presidentes Milton Bueno (Metabase) e Antônio Gregório (Rodoviários), dissidentes do PT decidiram alçar vôos mais altos no próprio PSB e foram derrotados de forma humilhante aos cargos de prefeito e vice, tendo inclusive, menos votos que o vereador mais votado na época, José Aparecido Guerra, o popular Guerrinha. O movimento sindical tem suas particularidades e não tem relação direta com os partidos políticos. O presidente do Metabase, Paulo Soares, é uma liderança incontestável entre os trabalhadores da Vale, mas não consegue transferir votos quando o cenário passa para o campo político partidário.

    ResponderExcluir
  3. Ficar na cola desse Paulo Soares, sei não...
    Basta dizer que esse sujeito dá apoio ao Zé Geraldo do Espinhaço, no vergonhoso programa dele na TV cultura. Se ligar a escória como Zé Geraldo do Espinhaço...
    Noé do Campim Cheiroso.

    ResponderExcluir

São aceitos comentários com autoria não identificada (anônimos), desde que não exponham ou citem nomes de pessoas ou instituições de formas pejorativa, caluniosa, injuriosa ou difamatória e mesmo que sejam expostos de forma subliminar ou velada.

Durante o período eleitoral, não serão publicados comentários que citem nomes de candidatos, nem de forma elogiosa, nem crítica.

Caso queira postar uma denúncia, é necessária a identificação do autor (nome completo e e-mail para contato), para que o comentário seja validado. Caso não possa se expor, envie um e-mail para a editoria (contatoitafq@yahoo.com.br), para que a denúncia seja apurada e certificarmos que há condições legais e justas para pautarmos uma postagem.

EM FASE EXPERIMENTAL: Os interessados que tiverem conta no Facebook e que não queiram seus comentários submetidos à moderação podem solicitar as suas inclusões no grupo de discussões "Filhos das Minas", ou, caso já seja participante dele, basta postar seu comentário diretamente no Facebook.