Who's amoung us?

sexta-feira, 11 de novembro de 2011

OPORTUNA PERGUNTA

Depois da avaliação interessante do colega blogueiro Guilherme Souza, na postagem "Precisamos de um partido à altura da mudança", quando propõe que os partidos apresentem propostas mais concretas, eis que me dirige a oportuna pergunta abaixo transcrita.

Guilherme Souza: disse:
Valeu Fernando, qual partido ou candidato você acredita que pode representar esses anseios por mudanças reais? 10 de novembro de 2011 12:59"


Confesso que pensava algo semelhante ao que Guilherme expôs e cheguei até a parabenizá-lo. Então, refleti melhor e esbocei um sem número de respostas, deletadas freneticamente, na referida postagem. Daí, repensei e corrigi mais algumas vezes. Algo me incomodava. Que faltam projetos para gestão na cidade, faltam. Mas será mesmo que estamos certos em achar que a solução de Itabira passa por um nome ou por um partido?

Por entender que o tema merece destaque e maiores discussões, peço licença para validar uma parte do que o colega defende, mas sinto necessidade de expor um contraponto, para que os partidos revejam suas condutas, se  eles próprios entenderem pertinentes, é claro. Vamos lá...


Pois é, caro Guilherme e demais Filhos do Cauê,

Perdôem-me a colocação, mas, depois de rever minhas crenças iniciais, não entendo que nomes ou siglas partidárias possam ser melhores ou piores representantes. Nomes de candidatos podem dar algum peso. Mas a grande diferença e oportunidade atual se fazem na escolha de um grupo.

Neste caso, defendo um grupo de oposição.

Posso justificar na boa. Com relação a escolher a oposição, é porque já vimos o que a situação é capaz de fazer; os desmandos; a inércia; as promessas baseadas em sonhos e ilusões; ao comprarem a imprensa; os indícios de corrupção, com ex-secretários milionários, depois que tomaram o poder e blablablá.

Com relação a não acreditar em nomes ou partidos como solução, é porque, para se administrar uma cidade do porte de Itabira, com os recursos e vícios que tem, considero extremamente necessário que nos unamos, com boa quantidade e melhor qualidade de cabeças boas, para sanear tudo e passar a cidade a limpo. Há muito o que se fazer. São tantas atribuições e de tantos domínios de conhecimento, que acredito que nenhum nome sozinho conseguiria equacionar. E até para partidos, seriam atribuições de difíceis de equações. E tem mais, trabalhando em grupo, as possibilidades de erros e de desvios esmaecem ou se anulam. Percebe? É o que escrevi para o Cometa do mês atrasado, quando defendi que " não temos salvadores da pátria" .

Por fim, após refletir melhor, continuo sem entender o porquê dos partidos insistirem num teatro de quem tem mais valor, insistindo em lançar nomes avulsos, numas vaidades bestas e sem um norte para um futuro além das eleições. Beleza, se derem sorte, vencem as eleições e como fica? O que fazer daí em diante? Acredito que temos agido assim por cacoete, advindo da velha política focada nas vaidades e/ou interesses menores, que, no conjunto e no universo das necessidades, pouco ou nada contribuem, a não ser nas barguanhas dos futuras de cargos. Ou estou errado?

Como há muito o que se fazer, como você muito bem defendeu, está passando da hora da oposição se unir, indiferente dos nomes ou siglas, e arquitetarem um BOM PROJETO de gestão. Não como aquela proposta politiqueira do Agenda 2012 (PP/PT), que atuou mais como uma arapuca eleitoral, com a espreita de nomes sujos que tanto se beneficiaram no grupão. Proponho estudarmos uma proposta verdadeira, sincera, composta por nomes de pessoas idôneas e abstraída de vaidades e de vantagens pessoais, para não chegarmos nas campanhas de 2012, com os discursos vazios de oposição e sem propormos soluções concretas, viáveis e à altura do que Itabira carece e merece.

O que acha da proposta?

É isso aí.

Fernando Martins"

8 comentários:

  1. Fernando, eu tenho acordo com você.
    É mais ou menos nessa linha. O problema todo, que não vejo sinais claros de ninguém buscando construir esse grupo, capaz de expressar a vontade de mudança. Para mim, uma possibilidade real seria a unidade da esquerda da cidade, com partidos como PSB e PCdoB, além do movimento sindical e social que temos por aqui organizado.

    ResponderExcluir
  2. Gente, vamos parar de blablabla: a oposição só vai ganhar se juntar Damon, Reginaldo Calixto e o PT. Pronto, imbatível, ninguém vence.

    Noé do Campim Cheiroso.

    ResponderExcluir
  3. Agora, aos 45 minutos do segundo tempo da prorrogação, o prefeito resolveu sair da toca pra visitar o canteiro de (c)obras que se tornou a cidade. Estão abrindo buraco em tudo quanto é rua pra mostrar "trabalho".

    ResponderExcluir
  4. FERNANDO, ME EXPLIQUE O QUE É ESQUERDA E O QUE DIREITA.....agora fale e escreva francamente...
    voce credita em nome de Damon, Reginaldo, tou com Neidson, chiquinho, marco antonio gomes, ze cezario, candida do li, a secretaria elaine, que nao tem projetos....veja bem a Lei determina 25% para saude e Educação, investimentos em gerar mao de obra, contratados e comissionados, o investimento em uma cidade de itabira, nao chega a 7% da receita liquida.....então vamos porquestão:
    onde estas que nao me escuta.....
    por menos Jesus veio e foi cruxificado...
    vale lembrar, tem a turma doze mau ricio, a turma do cacio guerra, do ex prefeito e suplente de deputado ronaldo magalhaes, do prefeito que tera a maquina.
    mas agora lembro vai ser duro ver os debates em itabira, até o zegrisolia tá rodando aí.
    mas o discurso nao muda, quem sabe vamos mudar para cuba, havana che.

    ResponderExcluir
  5. Fernandinho,
    li atento os comentarios que me foram informados por amigos....Itabira tem sim um grande projeto, o projeto da educação que vai gerar projetos da informação, da tecnologia, da industria sem fumaça...O joão veio nos ultimos anos completar os projetos de mudança de Itabira, principalmente no acreditar na cidade, da fé e esperança pois antes so investiam em b hte ou onde nasceram os que aqui ganharam dinheiro.
    O Democratas de Itabira, contabiliza em sua relação oficial do TSE 1.402 filiados com grande nomes inclusive voce faz parte do time, vai continuar apoiando o desenvolvimento e planejamento para uma Itabira cada dia melhor.
    Temos pre-candidatos a Prefeito e vereadores. sabe que somos o partido de historia no mundo da democracia e viemos de uma linhagem partidaria principalmente da espanha e alemanha com perfil moderno e projetos que sera apresentado a comunidade itabirana.
    Estamos com João Izael, seguimos todos seus pontos positivos e vamos apresentar o que de melhor sera para Itabira e nao apresentaremos candidato vazio sem saber porque é candidato como de outros partidos.
    Acreditamos que Itabira é muito melhor para se viver, gerando empregos e se tornando polo regional o que nao aconteceu até o ano 2.000.
    temos certeza sim, que João vem cumprindo o seu papel de administrador com seriedade honestidade e tranquilidade que o cargo exige.
    cacio duarte guerra presidente do democratas de itabira- minas gerais

    ResponderExcluir
  6. Com todo respeito à democracia, mas do João Izael, limito-me em reconhecer que é atencioso e trabalhador. Sem dúvida.

    Mas seu governo, cheio de mãos, tem dado o que falar (mal, por sinal).
    Se perdeu feio nas benesses;
    na execração das centenas ou milhares de pessoas de bem, via imprensa comprada (inclusive meu nome, via a porca assessoria de comunicação);
    nos apadrinhamentos e
    nos indícios de corrupção.

    Não o apóio, nem a gestão dele, nem a do Ronaldo. Sinto muito pela sinceridade e já externei essa posição aqui antes, milhares de vezes.

    Aliás, o compromisso que assumi ao filiar-me no PFL (agora Dem) era para evitar a tomada do partido para que o Heitor se candidatasse a prefeito, há bem tempo. Como fui perseguido por ele, quando assumiu a TV na gestão do Ronaldo, topei filiar-me no PFL para evitar estragos que entendia serem maiores. Hoje, sequer tenho mais motivos para ser hostil com o radialista.

    Aproveitando o ensejo, poderia, mais uma vez, fazer a gentileza de me desfiliar?

    Sinto muito Cácio, mas não comungo nem com o Dem, nem com os governos do grupão. E tenho meus motivos pessoais e como cidadão. Você sabe disso.

    At.

    Fernando Martins.

    ResponderExcluir
  7. O joão veio nos ultimos anos completar os projetos de mudança (para alguns)...
    Itabira tem sim um grande projeto (só se for imobiliário)...
    João vem cumprindo o seu papel de administrador com seriedade honestidade e tranquilidade (sei, sei... acrescente aí transparência também).
    Só faltou dizer que Itabira é referência nacional em educação, saúde e segurança.

    ResponderExcluir
  8. Fernandinho, nao posso fazer sua desfiliação, voce de acordo com constituição federal, art. 72, é livre para escolher o seu ninho..
    deve comuniar ao partido por escrito e ao juiz eleitoral que nao deseja pertencer a militancia democratica.
    Art 72 - A Constituição assegura a brasileiros e a estrangeiros residentes no País a inviolabilidade dos direitos concernentes à liberdade, à segurança individual e à propriedade, nos termos seguintes: § 1º - Ninguém pode ser obrigado a fazer ou deixar de fazer alguma coisa senão em virtude de lei. / § 2º - Todos são iguais perante a lei. / A República não admite privilégios de nascimento, desconhece foros de nobreza e extingue as ordens honoríficas existentes e todas as suas prerrogativas e regalias, bem como os títulos nobiliárquicos e de conselho. / § 3º - Todos os indivíduos e confissões religiosas podem exercer pública e livremente o seu culto, associando-se para esse fim e adquirindo bens, observadas as disposições do direito comum. / § 4º - A República só reconhece o casamento civil, cuja celebração será gratuita. / § 5º - Os cemitérios terão caráter secular e serão administrados pela autoridade municipal, ficando livre a todos os cultos religiosos a prática.

    do amigo democrata
    cacio guerra

    ResponderExcluir

São aceitos comentários com autoria não identificada (anônimos), desde que não exponham ou citem nomes de pessoas ou instituições de formas pejorativa, caluniosa, injuriosa ou difamatória e mesmo que sejam expostos de forma subliminar ou velada.

Durante o período eleitoral, não serão publicados comentários que citem nomes de candidatos, nem de forma elogiosa, nem crítica.

Caso queira postar uma denúncia, é necessária a identificação do autor (nome completo e e-mail para contato), para que o comentário seja validado. Caso não possa se expor, envie um e-mail para a editoria (contatoitafq@yahoo.com.br), para que a denúncia seja apurada e certificarmos que há condições legais e justas para pautarmos uma postagem.

EM FASE EXPERIMENTAL: Os interessados que tiverem conta no Facebook e que não queiram seus comentários submetidos à moderação podem solicitar as suas inclusões no grupo de discussões "Filhos das Minas", ou, caso já seja participante dele, basta postar seu comentário diretamente no Facebook.