Who's amoung us?

sábado, 5 de novembro de 2011

O que é a Imprensa?

A verdadeira impressa, seja ela, falada, escrita ou televisiva tem como missão relatar os fatos e acontecimentos, tomando o cuidado de sempre ouvir as partes envolvidas.

A população necessita inteirar-se do que ocorre e como “ocorre” e por que “ocorre” os fatos do cotidiano.

Os gestores públicos e personalidades públicas, quando abraçam essas atividades sabem que estão expostos e que servem de modelos aos jovens em formação.

Quando a imprensa cumpre o seu papel, traz contribuições ao desenvolvimento do meio, mas quando se curva aos interesses imediatistas de grupos, oligarquias, e etc., sempre atuará de forma tendenciosa e consequentemente duvidosa.

Parafrazeando o Januário Carneiro; fundador da Rádio Itatiáia: “vendemos espaço publicitário, não vendemos nossa opinião” mostra uma visão à frente dos tempos, pois a imprensa para ter credibilidade não pode fugir de sua missão.

No Brasil, em Minas Gerais e especificamente em Itabira temos visto a imprensa desvirtuar com sua missão e compactuar-se com os desmandos, com as falcratuas, com a corrupção.

Quando se critica ideias e ações tomam como afronta e desencadeiam uma avalanche de ataques, perseguições, tentando desmoralizar os “não coniventes” com suas práticas e atitudes.

Temos visto uma imprensa que além de noticiar os fatos, tomam descaradamente partido e, ainda tentam de toda maneira influenciar a população, como se a mesma não tivesse condições para discernir entre o “certo” e o “errado”, o que “se pode” e que “não se pode” .

Isso ocorre por que são sustentadas e mantidas pelos poderes constituídos que a cada ano “gastam” fortunas em publicidades (para manterem-nas sobre controle) ou por que estão vinculadas a “coronéis” e “carteis” que só defendem seus escusos interesses.

A imprensa séria será aquela que conseguir manter-se sem as publicidades públicas e criar mecanismos outros de auto-suficiência, preservando a “ética”, a “moral”, a “honestidade” e a “horrabilidade”.

Imprensa séria, jamais se curva aos interesses públicos.

Postado por: Délcio Mafra – 05/11/2001 às 13:30

Nenhum comentário:

Postar um comentário

São aceitos comentários com autoria não identificada (anônimos), desde que não exponham ou citem nomes de pessoas ou instituições de formas pejorativa, caluniosa, injuriosa ou difamatória e mesmo que sejam expostos de forma subliminar ou velada.

Durante o período eleitoral, não serão publicados comentários que citem nomes de candidatos, nem de forma elogiosa, nem crítica.

Caso queira postar uma denúncia, é necessária a identificação do autor (nome completo e e-mail para contato), para que o comentário seja validado. Caso não possa se expor, envie um e-mail para a editoria (contatoitafq@yahoo.com.br), para que a denúncia seja apurada e certificarmos que há condições legais e justas para pautarmos uma postagem.

EM FASE EXPERIMENTAL: Os interessados que tiverem conta no Facebook e que não queiram seus comentários submetidos à moderação podem solicitar as suas inclusões no grupo de discussões "Filhos das Minas", ou, caso já seja participante dele, basta postar seu comentário diretamente no Facebook.