Who's amoung us?

quinta-feira, 24 de novembro de 2011

Ronaldo e João, justiça neles!


Há uma luz no fim do túnel, esse é o sentimento e esperança de uma grandiosa maioria da população itabirana. Acolhendo o pedido do MP, através de sua representante, a promotora Adriana Tôrres, o Juiz Afrânio José Fonseca Nardy condenou a dupla Ronaldo e João, a multas que variam de quinze a vinte vezes à ultima remuneração à época dos fatos. O Ministério Público entendeu que a eleição do Chefão do Grupão se deu graças a doações de material de construção, óculos, cestas básicas e outras "cositas mas". A lei não prevê punições de caráter penal, mas sim de natureza civil e política, ou seja, incluem a perda da função pública, suspensão dos direitos políticos, multas e reparação do dano. Se pensarmos o estrago que essa dupla criadora e cabeça pensante do Grupão fizeram a Itabira esse valor é irrisório. Mas temos de entender que foi um abalo nas estruturas já balançadas do Grupão e de toda "tchurma" do terceiro andar, afinal, a justiça começou a mostrar que as coisas não são bem assim do jeitinho que eles querem e compram. Comprar e/ou trocar votos, através de doações que vieram do erário público e como punição multar é difícil de compreender, mas... Itabira torce para que seja o início de uma justiça que há tempos muitos clamam acontecer e sempre morre na praia. Parabéns ao MP que teve coragem de peitar os representantes maiores do Grupão e tomara que agora venham as investigações de licitações, carnavais, computadores, avenidas, ruas e enriquecimentos. Ahh detalhe, eles vão recorrer com certeza, afinal, eles não tem culpa de nada e tudo isso é uma grande mentira do Ministério Público e o Juiz entendeu tudo errado. A dupla tá certinha e todo mundo tá errado... Cambada de merd@$%&*$...


15 comentários:

  1. Tony, sua alegria juvenil retrata a faceta de um idealista. Isso é motivo de minha admiração.
    Sei da sua ansiedade em uma oportunidade, em um reconhecimento e uma valorização através de um convite para compor um governo futuro juntamente com o seu companheiro Fernandinho. Está claro a tendência deste blog ao pré-candidato a prefeito Dr. Damon.
    Contuto, conclamo a retomar a sintonia dos fatos. Pesquise os promotores e juizes que por aqui passaram, onde estão e que promoção receberam. Também, o grupão, como vocês chamam, são extremamente preparados para criar candidatos e vencer eleições. Será que eles com a máquina pública, competência e o desejo de continuar no poder vão perder eleição para o Dr. Damon?

    ResponderExcluir
  2. Ôpa... ôpa... ôpa... Opinião alheia deve ser respeitada, mas vindo de forma anônima e alegando algo que não retrata a realidade, precisa ser moderada pela editoria ou prontamente rebatida. Opto, democraticamente, pela segunda opção. Vamos lá.

    Caro Anônimo, não me passa pela cabeça compor governo com ninguém, porque, pelo menos no momento, meus negócios garantem bem melhores resultados financeiros, vantagem mercadológica regional e melhores oportunidades de bagagens profissionais.

    Sou idealista, mas tenho limites ditados pela minha empresa e pelos negócios ora empreendidos.

    Por último, já esclareci aqui antes e, diante do seu achismo, volto a expor que eu já defini meu posicionamento. Estarei com a oposição que for verdadeira, de duas formas a serem definidas: como simpatizante e eleitor, que faço gratuitamente, ou como profissional remunerado com carga de serviços a serem prestados, se o cliente se interessar pelos nossos serviços, que garanto que são bons e diferenciados.

    Daí, diante do atual cenário, minha empresa está aberta a negócios com Reginaldo Calixto, Bernardo Mucida, Damon de Sena, Edilson Lopes ou outra opção da oposição, para campanhas políticas, ou aberta para o mercado em outros atendimentos. Já minha opinião é individual e não tem preço.

    Não custa ainda lembrar que este blogue é coletivo. Portanto, minhas opiniões restringem apenas à minha pessoa. Se der uma olhada mais criteriosa e menos parcial, notará que há autores aqui de diversas tendências e ideologias.

    ResponderExcluir
  3. Como disse o pessoal do jornal O Trem que leio religiosamente. O fracasso está mandando a conta ao grupão. E ela é pesadona.

    Noé do campim Cheiroso.

    ResponderExcluir
  4. Essa doeu heim grupão......caramba e agora vão falar o quê...quem mandou vcs votarem nem mim?....e pior que é verdade.

    ResponderExcluir
  5. Justiça? Quem dera se isso acontecesse mesmo principalmente em Itabira, o grupão teria que estar reunido mas na cadeia.

    ResponderExcluir
  6. Dupla itabirana é condenada pela justiça


    A condenação do João Izael e do Ronaldo Magalhães está no jornal O Tempo de hoje. A dupla mais uma vez humilhando Itabira com suas políticas porcas. A casa caiu para o grupão da maracutaia.

    Alcides Bolivar, Caminho Novo.

    ResponderExcluir
  7. Será que mesmo assim Ronaldo ainda é visto como potencial prefeito por, segundo dizem, aprox. 13% dos eleitores? Será que os eleitores ainda acreditam que Damon se aliaria, como querem fazer crer os aliados do atual governo, a Ronaldo Magalhães? Venhamos e convenhamos!!!

    ResponderExcluir
  8. Pode ser uma isca pra recorrer, ser absolvido e depois ir pra Tv balançar um papel, e dizer que a justiça garante que eles são "inocentes".

    ResponderExcluir
  9. Fernando, se a oposição contratar você para fazer a campanha na TV deles, o Grupão ganhará mais uma vez. É fato!

    ResponderExcluir
  10. Bem, Anônimo, se depender de comprar votos para eleger, como vem ocorrendo há anos, não terão meu apoio, nem indicação para tais atos e pode perder sim.

    Ou ganha na moral, na lei e na ética, ou fica como está, como ficou a saqueada Itabira. Cabe ao povo decidir o que é melhor.

    Estou tranquilo. Não dependo de governos, nem de vitórias sujas, que podem garantir êxito inicial, mas colocaria a minha reputação onde caiu a do grupão. Não se cresce assim. Incha e estoura. Acredite!

    Sds.

    ResponderExcluir
  11. KKKKKKK Esses anônimos em suas defesas desesperadas aos amados chefinhos do Grupão me matam... O bom do ser um anônimo é que podem se satisfazer puxando o saco daqueles que lambem as mãos e as vezes os pés. Por favor, me poupem. Ahh um detalhe, o blog não é tendencioso a A ou B, os que aqui assinam os artigos defendem suas idéias e opinam sobre quem acreditam ser bom para Itabira e sobre quem são safados, ladrões e corruptos. Na verdade, a opinião de um anônimo não se leva em conta, é um anônimo mesmo né???

    ResponderExcluir
  12. Ahhhh... Lembrei-me de algo: Caros anônimos, desse jeito, o pupilo de vocês, ou o grupão inteiro nunca saberá quem está puxando o saco deles, é a desvantagem do anonimato...

    ResponderExcluir
  13. Então, essa decisão deveria ter sido tomada ainda em 2004, pois a mesma interferiria no pleito daquele ano e no de 2008 e com isto já estaríamos livres deste nefasto pessoal que muito atraso vem causando à Itabira.
    Esse atraso não é somente o econômico, para mim o atraso mental que esse pessoal causou aos cidadãos itabiranos é muito mais prejudicial ainda e para sanar isto será gasto um tempo muito maior para que as pessoas possam praticar a livre democracia em nossa cidade e não dessa maneira como vem sendo aplicada por meio de compras de votos. Em 2004 os votos foram comprados com benefícios garantidos pelo erário público e em 2008, de acordo com o Cácio Guerra, foi por meio de dinheiro que empreiteiros depositaram na conta da campanha do Jão Izael para a compra dos votos em espécie.
    Também seria caso de já estarem na cadeia, pena que esta pena foi limitada a multas somente.

    ResponderExcluir
  14. é gente, qdo cara nao tem nada pra fazer ele fica postando essas merdas. Vai capinar um lote em vez de ficar enchendo o saco dos leitores.

    ResponderExcluir

São aceitos comentários com autoria não identificada (anônimos), desde que não exponham ou citem nomes de pessoas ou instituições de formas pejorativa, caluniosa, injuriosa ou difamatória e mesmo que sejam expostos de forma subliminar ou velada.

Durante o período eleitoral, não serão publicados comentários que citem nomes de candidatos, nem de forma elogiosa, nem crítica.

Caso queira postar uma denúncia, é necessária a identificação do autor (nome completo e e-mail para contato), para que o comentário seja validado. Caso não possa se expor, envie um e-mail para a editoria (contatoitafq@yahoo.com.br), para que a denúncia seja apurada e certificarmos que há condições legais e justas para pautarmos uma postagem.

EM FASE EXPERIMENTAL: Os interessados que tiverem conta no Facebook e que não queiram seus comentários submetidos à moderação podem solicitar as suas inclusões no grupo de discussões "Filhos das Minas", ou, caso já seja participante dele, basta postar seu comentário diretamente no Facebook.