Who's amoung us?

sábado, 30 de outubro de 2010

VERGONHA! ARSAE VALIDA AUMENTO DE 33,15% NA CONTA DE ÁGUA, A PEDIDO DO GOVERNO JOÃO IZAEL

Segundo o portal Defato On Line, a Arsae validou o aumento de 33,15% na sua conta de água, a partir de dezembro.

A medida, segundo o diretor-presidente do Saae Itabira, Élio (Quadrado) de Assis Vieira,  era para "reequilíbrio financeiro da autarquia". Ainda na defesa, ele informou que os aumentos efetuados em 2007 e em 2009 foram cancelados por uma decisão judicial. Mas não convenceu o porquê que:
  • em 2007 a autarquia teve um aumento de 27% na folha de pagamento;
  • nem as denúncias dos nossos leitores sobre indícios de desvios de material, segundo um leitor do nosso blogue disse: "Existe no Saae um relatorio da controladoria Interna que aponta entre outros absurdos: 83% da entrada no almoxarifado nao tem saida e material nao esta em estoque.Este relatorio e publico e pode ser solicitado junto ao Controlador Inteno por qualquer cidadao";
  • nem porque há excesso de servidores na autarquia e alguns que sequer comparessem ao expediente, segundo denúncia do Ministério Público Estadual;
  • nem justificou porque a "audiência" não foi presencial e não foi amplamente divulgada na cidade;
  • nem porque que nós consumidores teremos que pagar pelo custo de bombeamento de água de fontes distantes, por causa do rebaixamento dos lenções freáticos pela mineração.
Na próxima semana, anexaremos todos os e-mails que recebemos aqui para compor um processo contra este abuso. Se você ainda não manifestou, está em tempo, mande já para contatoitafq@yahoo.com.br.
Aguardem!

Veja mais em:

3 comentários:

  1. Vergonha mesmo!
    Maior vergonha é o site Defatoonline. Somente publica comentários que vão de encontro a opinião política deles, ou seja, basta criticarmos a gestão atual da prefeitura e a Defato não aceita o comentário.
    Graças a Deus temos esse Blogue para aliviarmos um pouco nossa raiva.
    Como diz Luiz Zanon, a Defatoonline é "chapa-branca" mesmo.

    Detalhe, abaixo segue o comentário que coloquei na notícia referida neste tópico, no site da Defato, onde eles nada publicaram.
    "É uma vergonha!
    Certamente em 2012 os itabiranos lembrarão dos atual governo de Itabira. As urnas serão nossas ferramentas."
    Algo demais no comentário?

    ResponderExcluir
  2. Prezados,



    Vimos através deste, demonstrar nossa insatisfação contra este aumento abusivo da conta de água no município de Itabira.

    O desrespeito aos cidadãos honestos está tomando proporções absurdas. Não podemos deixar isso acontecer.

    O povo mobilizado tem o poder de mudar várias situações, por que não mudar um governo que não atende às necessidades de uma população?

    Apoiamos totalmente o manifesto do blog Filhos do Cauê e esperamos que os itabiranos se conscientizem da importância deste ato.

    Jucileny Duarte
    Gustavo Zanon
    Marilda de Paula
    Dário Duarte
    Rogério Zanon
    Angela Gomes
    Divina Duarte

    ResponderExcluir
  3. Façam um cálculo idiota:
    Quanto ficou aquela obra (alameda ao lado da FIDE) que, além de ligar nada a lugar nenhum, fez estragos irreparáveis à natureza? seria necessário aumento da tarifa de água para maior arrecadação do GOVERNÃO DO GRUPÃO?

    ResponderExcluir

São aceitos comentários com autoria não identificada (anônimos), desde que não exponham ou citem nomes de pessoas ou instituições de formas pejorativa, caluniosa, injuriosa ou difamatória e mesmo que sejam expostos de forma subliminar ou velada.

Durante o período eleitoral, não serão publicados comentários que citem nomes de candidatos, nem de forma elogiosa, nem crítica.

Caso queira postar uma denúncia, é necessária a identificação do autor (nome completo e e-mail para contato), para que o comentário seja validado. Caso não possa se expor, envie um e-mail para a editoria (contatoitafq@yahoo.com.br), para que a denúncia seja apurada e certificarmos que há condições legais e justas para pautarmos uma postagem.

EM FASE EXPERIMENTAL: Os interessados que tiverem conta no Facebook e que não queiram seus comentários submetidos à moderação podem solicitar as suas inclusões no grupo de discussões "Filhos das Minas", ou, caso já seja participante dele, basta postar seu comentário diretamente no Facebook.