Who's amoung us?

quarta-feira, 3 de abril de 2013

AMORTIZAÇÃO: PREFEITURA PRECISA SOCORRER ITAURB


A Câmara de Itabira recebeu um projeto de lei que permitirá o prefeito de Itabira, Damon de Sena (PV), socorrer a Itaurb com até R$ 5 milhões, em caráter de urgência.

Durante a última coletiva com a imprensa, ocorrida no início março, o prefeito revelou a dívida milionária da autarquia, deixada pelo governo anterior, na ordem de R$ 14.711.426,09 e o completo estado de sucateamento em que se encontram os caminhões, máquinas e demais equipamentos usados na coleta de lixo e limpeza urbana da cidade. Na ocasião, o prefeito chegou a afirmar que "se fosse uma empresa privada, certamente estaria fechada". Só a com manutenção dos equipamentos, a autarquia torra cerca de 50 mil reais por mês, cujas despesas contribuem negativamente com um déficit mensal entre 150 e 200 mil reais.

Segundo informações, outras iniciativas serão adotadas pelo governo para resgatar esta importante empresa pública. De posse destes recursos que irão receber, a direção poderá reforçar o parque de equipamentos e voltar a participar, com mais competitividade, das concorrências em construções das obras para os municípios, cujos lucros contribuirão no saneamento de mais esta dívida herdada.
Segundo o portal da Defato Online, os vereadores chamarão o presidente da Itaurb, Carlos Carmelo, Cac, para explicar como eles pretendem sanar esta dívida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

São aceitos comentários com autoria não identificada (anônimos), desde que não exponham ou citem nomes de pessoas ou instituições de formas pejorativa, caluniosa, injuriosa ou difamatória e mesmo que sejam expostos de forma subliminar ou velada.

Durante o período eleitoral, não serão publicados comentários que citem nomes de candidatos, nem de forma elogiosa, nem crítica.

Caso queira postar uma denúncia, é necessária a identificação do autor (nome completo e e-mail para contato), para que o comentário seja validado. Caso não possa se expor, envie um e-mail para a editoria (contatoitafq@yahoo.com.br), para que a denúncia seja apurada e certificarmos que há condições legais e justas para pautarmos uma postagem.

EM FASE EXPERIMENTAL: Os interessados que tiverem conta no Facebook e que não queiram seus comentários submetidos à moderação podem solicitar as suas inclusões no grupo de discussões "Filhos das Minas", ou, caso já seja participante dele, basta postar seu comentário diretamente no Facebook.