Who's amoung us?

segunda-feira, 13 de maio de 2013

PREFEITURA CONTRATA REFORÇO PARA COLETA DE LIXO

(Itabira)

Diante do impasse entre o governo e os servidores em greve, a prefeitura de Itabira contratou um reforço emergencial, contando com 12 profissionais terceirizados e 10 caminhões (o dobro do efetivo) para realizar a coleta de lixo na cidade, a partir da sexta-feira passada (10). 
Vários cidadãos vinham reclamando, com razão, da ausência deste serviço nas redes sociais e na própria empresa nos últimos dias, tendo postado fotos de lixo entulhado por vários bairros. 
Num primeiro momento, esta força-tarefa priorizará os bairros periféricos que ficaram com o serviço mais prejudicado. A seguir e paralelamente atenderão toda a cidade.
Quem tiver lixo acumulado, deve entrar em contato pelo telefone de reclamações: 3839-4010.
AS POSIÇÕES E REFLEXOS DA GREVE
Não se questiona o direito de greve e até as perdas salariais acumuladas por desinteresse político das gestões anteriores, tanto é que o prefeito Damon propôs um dos maiores aumentos da região e ainda de repor a diferença total ao longo do mandato. 
Só que o Sindicato não perdoa e quer para já, tendo optado pela greve. Segundo informações, a partir do início do movimento, a direção do sindicato deveria se responsabilizar por manter 30% do efetivo para a manutenção dos serviços essenciais, como coleta de lixo, abastecimento de água, atendimento dos sistemas de saúde etc.
Como se pode perceber, se atenderam ao percentual, não foi suficiente, justificando a correta terceirização. Sem falar que 15 bairros da cidade e os 2 hospitais sofreram boicotes no fornecimento de água, depois que um servidor, sob a possível orientação da presidente, "fechou" uma das bombas da Eta Gatos. Atitude lamentável que será apurada e responsabilizada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

São aceitos comentários com autoria não identificada (anônimos), desde que não exponham ou citem nomes de pessoas ou instituições de formas pejorativa, caluniosa, injuriosa ou difamatória e mesmo que sejam expostos de forma subliminar ou velada.

Durante o período eleitoral, não serão publicados comentários que citem nomes de candidatos, nem de forma elogiosa, nem crítica.

Caso queira postar uma denúncia, é necessária a identificação do autor (nome completo e e-mail para contato), para que o comentário seja validado. Caso não possa se expor, envie um e-mail para a editoria (contatoitafq@yahoo.com.br), para que a denúncia seja apurada e certificarmos que há condições legais e justas para pautarmos uma postagem.

EM FASE EXPERIMENTAL: Os interessados que tiverem conta no Facebook e que não queiram seus comentários submetidos à moderação podem solicitar as suas inclusões no grupo de discussões "Filhos das Minas", ou, caso já seja participante dele, basta postar seu comentário diretamente no Facebook.