Who's amoung us?

sexta-feira, 22 de abril de 2011

100.000


16 AUTORES FORMADORES DE OPINIÃO!

613 POSTAGENS CRÍTICAS EM DEFESA DE ITABIRA!

E UM FUTURO MELHOR PARA NOSSA TERRA!

 (vide correção na seção de comentários)

Um comentário:

  1. Caros leitores,

    Consideramos o marco de 100.000 acessos o valor computado pelo serviço gratuito oferecido pelo sítio Chat Live.

    Entretanto, por três ocasiões o contador havia ressetado a contagem presente, quando tivemos que corrigir o registro, a partir do último valor registrado.

    Paralelamente, o próprio Blogger passou a oferecer os serviços de estatísticas, a partir do mês de julho do ano passado (2010). De lá, para cá, o Blogue Filhos-do-Cauê acumula, até o momento, 58.865 acessos. Somados aos 59.987 acessos ora registrados pelo contador anterior, resultamos nos 118.852 acessos registrados no serviço Hiper-Contador, até a postagem deste comentário.

    Portanto, como se pode notar, festejamos tardiamente o marco dos 100.000 acessos, porque já havíamos o batido meses atrás.

    Para melhor certificarmos dos erros, confirmamos no Blogger que tivemos 1.202 acessos do momento da virada dos cem mil, até o presente momento, enquanto o Chatlive registrou apenas 640.

    A partir da semana que vem, desabilitaremos o contador anterior e passará a valer o hiper-Contador.

    Pedimos desculpas pelo erro.

    ResponderExcluir

São aceitos comentários com autoria não identificada (anônimos), desde que não exponham ou citem nomes de pessoas ou instituições de formas pejorativa, caluniosa, injuriosa ou difamatória e mesmo que sejam expostos de forma subliminar ou velada.

Durante o período eleitoral, não serão publicados comentários que citem nomes de candidatos, nem de forma elogiosa, nem crítica.

Caso queira postar uma denúncia, é necessária a identificação do autor (nome completo e e-mail para contato), para que o comentário seja validado. Caso não possa se expor, envie um e-mail para a editoria (contatoitafq@yahoo.com.br), para que a denúncia seja apurada e certificarmos que há condições legais e justas para pautarmos uma postagem.

EM FASE EXPERIMENTAL: Os interessados que tiverem conta no Facebook e que não queiram seus comentários submetidos à moderação podem solicitar as suas inclusões no grupo de discussões "Filhos das Minas", ou, caso já seja participante dele, basta postar seu comentário diretamente no Facebook.