Who's amoung us?

terça-feira, 5 de abril de 2011

Dá-lhe Tião, bom demais para ser verdade.

Um passarinho verde, azul e amarelo, roxo ou vermelho, não me lembro da cor direito, me disse que minha empolgação com a suposta rebeldia do Tião frente ao executivo municipal foi apenas o famoso segundo de loucura que todo ser humano tem. Segundo fofoqueiros políticos de eterno plantão, nem os assessores o Tião pode contratar, mantendo os que já estavam lá. Um outro detalhe interessante, é que a publicação no Impressa Oficial da nomeação de Neidson como assessor do Governador ainda não saiu, ou seja, o púpilo do Grupão já foi mas não o governador não oficializou. Muitas pessoas ficaram esperançosas com a reação do mais novo Edil, mas de acordo com os comentários feitos em minha ultima postagem, nem todos acreditam que ele será mesmo um fiscalizador do governo. Uma ótima oportunidade para Tião mostrar a que veio será a investigação a fundo do caso do "Motoca", funcionário da prefeitura que não trabalhava,não batia ponto e recebia seus novecentos e poucos. É hora de chamar o prefeito à Câmara, ou a secretária gestora do funcionário e cobrar explicações. Cobrar do funcionário, do seu chefe, de quem o contratou, da empresa terceirizada, do prefeito, enfim, cobrar. Eu, no alto da minha ignorância DUVIDO que haja algum vereador "cabra macho" que tenha a nobreza, hombridade, dignidade, integridade ou seja o que for de solicitar tal esclarecimento. Um ato de improbidade administrativa deslavado e que a Câmara Municipal do jeito que vai empurrará para debaixo do tapete, fazendo com o tempo se encarregue de fazer o povo esquecer desse "mais um" deslize do Grupão. A Lei Federal n° 8429/92 trata dos atos de improbidade praticadas por qualquer agente público e deveria ser aplicada neste caso, mas como todos sabemos, não será aplicada ou sequer comentada. Acredito ser uma excelente oportunidade dos nobres Edis, principalmente o Tião mostrar o que é uma Câmara Muncipal: "Sede do Poder Legislativo Municipal, onde estão lá nos representando os vereadores eleitos pelo povo, e onde acontecerão os debates de interesses da sociedade. Sua função, representar os interesses da sociedade, elaborando projetos de Leis que sejam de interesse da sociedade, discutir os projetos, aprova-los ou reprova-los através de votação em plenário, e sendo os projetos de leis aprovados promover a sua transformação em Leis Municipais. A fiscalização ao Poder Executivo também é um dever e obrigação do Poder Legislativo além de fiscalizar se as Leis aprovadas em plenário estão sendo cumpridas e executadas pelo Poder Executivo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

São aceitos comentários com autoria não identificada (anônimos), desde que não exponham ou citem nomes de pessoas ou instituições de formas pejorativa, caluniosa, injuriosa ou difamatória e mesmo que sejam expostos de forma subliminar ou velada.

Durante o período eleitoral, não serão publicados comentários que citem nomes de candidatos, nem de forma elogiosa, nem crítica.

Caso queira postar uma denúncia, é necessária a identificação do autor (nome completo e e-mail para contato), para que o comentário seja validado. Caso não possa se expor, envie um e-mail para a editoria (contatoitafq@yahoo.com.br), para que a denúncia seja apurada e certificarmos que há condições legais e justas para pautarmos uma postagem.

EM FASE EXPERIMENTAL: Os interessados que tiverem conta no Facebook e que não queiram seus comentários submetidos à moderação podem solicitar as suas inclusões no grupo de discussões "Filhos das Minas", ou, caso já seja participante dele, basta postar seu comentário diretamente no Facebook.