Who's amoung us?

sexta-feira, 29 de abril de 2011

AGENDA 2012

Lançada, ontem à noite, na Câmara Municipal de Itabira, o projeto político chamado Agenda 2012, proposto pelo PP e PT. 

Eu, particularmente, esperava que fosse mais um pré-anúncio de composição de chapa para disputar os cargos máximos do executivo itabirano, com o Neidson para prefeito e o Banana atr..., ops, como vice, quero dizer. 

Não foi exatamente, pelo menos, diretamente. Pelo que senti, eles optaram por comer pelas beiradas, digamos assim. Propõem a composição de um projeto de gestão, formulado com "participação popular", para depois, indicarem "os nomes para gerenciar este projeto para Itabira". Um tipo de eufemismo para abrandar o mau conceito popular da estranha composição, para futuro lançamento de uma chapa, composta com parte da oposição (PT), que abortou sua opinião e ideologia para se beneficiar com 2 ou mais cargos na Câmara Municipal, com o PP, onde está o principal pupilo prefeitável pela situação, o Neidson Freitas, autoqualificado como "embaixador do governador", segundo a Defato Online e sem qualquer questionamento da reportagem acerca desta autoclassificação (clique aqui para ler).


ARMEI UMA ARAPUCA, LÁ NA BEIRA DA ESTRADA...

A proposta é bem interessante e pode até ser bem aproveitada, com muito bom senso crítico. Quer dizer, desde que, deste projeto, nós, partícipes populares, possamos indicar os "gestores" (leia-se prefeito e vice-prefeito) de quaisquer partidos. Vale isso, pessoal? Ou querem que comemos só dentro da arapuca, onde estão os pré-candidatos do PT e PP?

Na fala do Neidson, ainda segundo a Defato Online, eles prevêem uma proposta de longo prazo, "que ultrapassa os quatros anos de mandato". Engraçado... já ouvi isso antes de colegas deles, do grupão. Parecem que não querem largar o osso mesmo... Larguemos o preconceito... Vamos adiante.

TRECHOS DA FALA DO NEIDSON. PRESTEM ATENÇÃO
"...o Partido Progressista juntou com o PT, no intuito de abrir portas para Itabira. Porque é isso que a gente precisa. Não é ficar com revanchismo político. É construir junto. Porque ninguém vai governar nada sozinho. Na hora que falo, primeiro o projeto, o nome é depois, porque escolher o nome é muito fácil.... a comunidade vai participar da decisão. Então é por isso que a gente deve ter o melhor projeto para Itabira. E aí sim nós vamos saber quem tá preparado, quem tem capacidade, quem tem conhecimento, quem tem experiência, quem tem condição de conduzir aquilo que a gente escolheu para nossa cidade. É assim". 

Fonte: Rádio Liberdade FM (clique aqui para assistir).


POIS ENTÃO...

Primeiro entendimento, é que nós (comunidade) que escolheremos o que queremos e, depois, indicaremos quem deve ser o tal "gestor".  Beleza, é isso aí. Tô com eles.
No segundo trecho grifado acima, o Neidson propõe que o escolhido deve estar preparado (para quê?), ter capacidade (de quê), ter conhecimento (ok), ter experiência (está muito subjetivo. experiência pode ser boa ou ruim, especifiquemos melhor...), ter condições de conduzir. 

Vamos partir do princípio de que ele queira ser "o indicado" e que se julgue o mais adequado às condições acima. Ao longo de sua carreira política (sua "experiência"), não vimos nele capacidade de ver e de cumprir com suas obrigações, enquanto foi vereador e presidente da Câmara de Vereadores. 
Quais obras ele fiscalizou e apresentou para a população do governo que ele compôe? O que ele disse da devastação da Mata do Pico do Amor? O que ele disse da entrega da Unifei sem local para alimentação e do orçamento votado no primeiro mandato do João Izael, sem que a obra fosse iniciada no ano seguinte? O que ele apontou ou defendeu da contratação de empreiteira para manutenção de estradas rurais, sem licitação, alegando "Estado de Calamidade Pública", no processo conhecido de Nostradamus? O que ele contribuiu para que o prefeito cumprisse com a lei e com a determinação judicial para expor a lista dos servidores, protocolada pelo Sindsepmi, tendo o prefeito perdido a causa? Quem vai pagar a multa pelo descumprimento e o que ele cobrou? Por que ele apresentou uma pesquiza que gozava de 45% de intenções de votos para deputado federal e só conseguiu a metade? Seriam estas as vastas "experiências" que validam um bom candidato?

Se o esquema, ops, projeto político não é uma arapuca, que dele poderemos ter total liberdade de escolha e que devemos escolher candidatos com BOAS experiências, então o Neidson está pedindo voto para quem?
O Damon-PV, que é um dos mais cotados, não carrega bem consigo esta premissa, não porque tenha más experiências, mas porque nunca ocupou cargos públicos de relevância. 
O Banana-PT, em termos de experiência, é um dos que mais tem, porque já foi vereador, por dois mandatos, com boa atuação, séria e justa. Mas saiu-se mal ao abandonar suas ideologias em troca de cargos, ao compor com o grupão, que tanto bateu no PT e que ele tanto criticou. 
Se seguirmos este raciocínio, um possível candidato que melhor preencheria os quesitos acima vai acabar sendo o Reginaldo Calixto. Em termos de boas experiências, de capacidade administrativa e de condições de condução, diante da sua passagem pela Acita e pela provedoria do Hospital Nossa Senhora das Dores, tem provado melhores condições. 

Daí, seria o Reginaldo Calixto o elemento surpresa para tentar desbancar o melhor cotado e adversário maior, Damon de Sena? E o Bernardo Mucida, até então nova estrela que despontou nas eleições passadas, que foi atirado para escanteio nesta proposta? O PT itabirano enxergou e validou essa articulação do PP, para favorecer o Neidson? É articulação intencional de ambos partidos?

11 comentários:

  1. Falam de arapuca nessa matéria e querem indicar o Reginaldo Calixto???

    ResponderExcluir
  2. Esse pessoal dogrupão é mestre em arranjadinhas desse tipo. Daria um doce pra ver a caras deles se essas perguntas fossem jogadas na mesa onten, que a imprensa sempre engole caladinha.

    Num cola naum. só bobo cai nessa.

    José M. Lage
    Bairro Praia

    ResponderExcluir
  3. Mais uma estorinha pra guardar no mue diário do panelão, desta thuirma que num quer larga as
    mordomias por nada.

    ResponderExcluir
  4. bem que me falaram, voce anda de bracos dados com marcio passos, pois ele anda dando orientações para o Reginaldo calixto.
    cuidado pois tudo pode mudar, damon com ronaldo, jornalzinho do reginaldo, cabelos longos enrolados de usar rolinhos, mas a vida é bela, portanto vamos colocar um nome sem rejeição para prefeito, assim danos um tapa em todos.

    ResponderExcluir
  5. Pessoal, só uma correção. Eu não quis dizer, literalmente, que defendo o Reginaldo Calixto como melhor opção. Disse aqui que, dentro dos critérios levantados pelo Neidson, o que melhor preenche é o Reginaldo. Aliás, eu nem aceito esses critérios do Neidson como suprema verdade. É só mais um joguete da turma dele, para perpetuar o grupão. Fiz isso só para mostrar para os leitores que, nem o que o pupilo do grupão propõe para se beneficiar, ele pode preencher. Entenderam?

    Quanto ao nome que está no páreo com melhor aceitação, ainda é o Damon e ponto final. É o que sentimos e o que ouvimos das pesquisas de opinião. O Reginaldo Calixto e o Bernardo Mucida são outros bons nomes que podem surpreender.

    Damon precisa atrair mais uns 5 partidos e de um vice bom, que tenha penetração na camada formadora de opinião e que reforce a imagem que tem gente boa de gestão com ele, porque são estes os pontos fracos a serem corrigidos.

    Se o Reginaldo aceitasse uma composição com Damon, se colocando como vice, por exemplo, resultaria numa chapa difícil de ser colocada abaixo. Porque o Damon tem o clamor popular e o Reginaldo poderia oferecer a sustentação de gestão, cativando os formadores de opinião.

    De quase igual forma, o Bernardo também poderia oferecer, desde que ele se desfiliasse do PT e migrasse para um partido mais técnico, como o PDT, para então, com os demais componentes, formarem um time com mais gente capacidada e com mais experiência de gestão pública.

    E ainda, caso o Damon se ligue a Ronaldo Magalhães, que acredito ser improvável, abriria caminho para o Reginaldo vir à frente, numa terceira via, com bem melhores chances.

    Tanto o Bernardo, quanto o Reginaldo, são novos na política e podem, com facilidade, se desprenderem da obrigação de serem cabeças de chapa ou de ter que vencerem. Já o Damon, não. Ou vai, ou desiste.

    São vários os caminhos a serem percorridos e várias possibilidades a serem lançadas neste tabuleiro de xadrez. O Xeque-mate, quem vai decidir, tende a ser o grupo que melhor se definir, mais longe possível do grupão.

    É minha avaliação. É isso.

    ResponderExcluir
  6. 1 - Banana = se vende por preço de cachos de banana de ouro ( 4 ou 5.000,00 por mes como diretor da câmara. o presente nega o passado. o presente é o real.Desmoralizado, desqualificado, pior do que se vender, vende a marca PT por interesses mesquinhos.
    2 - Reginaldo Calixto: convenhamos, nunca foi testado nas urnas,só fica falando nervosamente de empreendorismo e tirando foto com FHC. Monotemático "resolvedor de problemas".Não cola, é cola de cuspe, falta grude.
    3 - Bernando tem boa pegada, falta estrutura. Se o PT falhar, deve, tem que sair e ser vice de Damon.
    4 - Damon pare de falar bobagens tipo divisão de cargos na prefeitura entre partidos, lance um projeto consistente e chame Bernardo para vice. Tem boas chaces, é bom, é o melhor para Itabira.
    5 - E o Jackson Tavares. Porque não pensar no assunto. Só Jackson ou Damon e Jackson?

    ResponderExcluir
  7. Neidson, com Jackson de vice, ou vice-versa.

    ResponderExcluir
  8. Não entendi porque o colega colocou aqui que "Reginaldo Calixto é sinônimo de arapuca".
    O cara é bom administrador, já provou na Acita e tem provado ainda mais no HNSD, inclusive com uma dívida gigante e sem NENHUM centavo da PMI. E o mais importante: com transparência, coisa que falta na maioria. O Reginaldo tem um patrimônio pessoal considerável e conseguiu tudo com o próprio trabalho e competência. O outro nome que se dá a "governo" é "administração". E isso, o Calixto sabe fazer muito bem! Portanto acho que poderia sim, ser um bom prefeito.

    ResponderExcluir
  9. estamos em epoca de lancamentos, portanto o nome de estevao bretas cresce nos bastidores da politica itabirana, sejamos bastante humilde para reconhecer que o homem que vem de santa maria pode ser o proximo prefeito com ajuda de todos os cristãos honestos de nossa cidade.
    por isto cuidado seu moco, pois continuamos na roda, um dia estamos em cima, outro dia no meio, depois de lado, depois embaixo.
    se rcalixto falar naturalmente ninguem sabera que o home de voz forcada é fraco.

    ResponderExcluir
  10. E sem falar no Talmo, que é um campeão. E pode ser um campeão de votos em Itabira.

    ResponderExcluir
  11. PDT??? O Grupão mudou a formação??? PDT virou oposição?? Não entendo. Concluo pela análise do Fernando que a oposição vai precisar do grupão para se eleger, afinal, o PDT, pricipalmente pela enterna "primeira dama" Cândida está mamando e mandando na prefeitura desde o primeiro mandato do Ronaldo Magalhães e agora querem que o PV (Damon) se junte a ela, ops, ele (tanto faz, é td a msm coisa). Antes o PT do jeito que está do que o PDT, seria ao menos mais "ideológico".

    ResponderExcluir

São aceitos comentários com autoria não identificada (anônimos), desde que não exponham ou citem nomes de pessoas ou instituições de formas pejorativa, caluniosa, injuriosa ou difamatória e mesmo que sejam expostos de forma subliminar ou velada.

Durante o período eleitoral, não serão publicados comentários que citem nomes de candidatos, nem de forma elogiosa, nem crítica.

Caso queira postar uma denúncia, é necessária a identificação do autor (nome completo e e-mail para contato), para que o comentário seja validado. Caso não possa se expor, envie um e-mail para a editoria (contatoitafq@yahoo.com.br), para que a denúncia seja apurada e certificarmos que há condições legais e justas para pautarmos uma postagem.

EM FASE EXPERIMENTAL: Os interessados que tiverem conta no Facebook e que não queiram seus comentários submetidos à moderação podem solicitar as suas inclusões no grupo de discussões "Filhos das Minas", ou, caso já seja participante dele, basta postar seu comentário diretamente no Facebook.