Who's amoung us?

quarta-feira, 20 de abril de 2011

PELO AUMENTO DOS ROYALTIES

ANASTASIA DEFENDE 4%

Ontem, às 3 da tarde, o governador Antônio Anastasia se reuniu, na Cidade Administrativa, com prefeitos associados à Amig - Associação dos Municípios Mineradores de Minas Gerais. Dentre eles, estiveram presentes os prefeitos Antônio Martins (Toninho Timbira-Santa Bárbara), João Izael (Itabira), Geraldo Abade (Barão de Cocais), Gentil Alves (Rio Piracicaba), Saulo Campos (Catas Altas) e outros políticos interessados.

Segundo o Diário do Comércio (clique aqui para ler), o governador defende o aumento dos royalties para 4% sobre o giro bruto das companhias que exploram minério no Estado, ao invés de 2% sobre o lucro, como é cobrado hoje. Toninho Timbira, presidente da Amig, criticou a atual taxa: "Com uma alíquota de 2% sobre o faturamento bruto, acaba-se pagando 1,2% do preço final da jazida. No mundo inteiro não há nenhum negócio ou atividade econômica em que a matéria-prima custe 1,2% do custo final do produto".

Foto: Omar Freire. Imprensa MG
Foto: Omar Freire. Imprensa MG
ONDE ESTÁ WALLY?

Ao saber da notícia do encontro ontem, pelo Diário de Itabira, fiquei imaginando ver a foto do Neidson Freitas (Assessor do Governador? e defensor do aumento da Cefem), em pose, ao lado do governador e ídolo-mor. Aí, recorri ao portal oficial do governo estadual e baixei todas as fotos para ver se eu encontrava o Neidson... Não o vi (vide sítio oficial. Clique aqui).

Tudo bem que a Cidade Administrativa é bem grande, que há muitos andares e salas... Vai ver que saiu para tomar um cafezinho... ou, quem sabe, correu pro banheiro... ou, quem sabe ainda, não encontrou até hoje sua sala...

Putz, perdeu a melhor chance de justificar sua defesa pelo aumento, quando alegou ter aceitado o cargo de assessor do governador para defender os 3 pleitos dele (duplicação da BR-381, aumento dos royalties e defesa ambiental). Com o "poder" que ele tem, se eu fosse ele, demitiria o fotógrafo e todo o pessoal da assessoria de comunicação. Sacanagem...

7 comentários:

  1. pra quem achar o ex-vereador e pretenço candidato a prefeito de ita na cidade administrativa ou nas foto aí, dou um doce.

    ResponderExcluir
  2. BOM SABER QUE NOSSO PREFEITO TÁ CORRENO ATRÁS DO AUMENTO DO IMPOSTO. ESTAMOS EM BOAS MÃO.

    jÁ O FIOTE DELE... TAVA AONDE?

    ResponderExcluir
  3. qual nada. o futuro prfeito foi em brasilia mandar a Dilma aumentar logo a taxa sob a mineraçao. tá achando que ele dorme em pe? ele é bem mais agraduado.
    tem nego bobo aqui naum. xará1!!

    ResponderExcluir
  4. Fiquei sabendo que o Anastasia disse não começaria a reunião se o Neidis não estivesse presente e que todos concordaram que era de suma importância a presença dele. Mas depois foi exclarecido que ele tinha viajado aos EUA para pedir ajuda do Obama. :)

    ResponderExcluir
  5. Caros leitores,

    Validamos os comentários dos anônimos acima, por entendermos que tratam-se de brincadeiras e provocações dos leitores com relação ao sumiço do assessor Neidson Freitas.

    Os paradeiros aqui expostos não devem ser entendidos com verdadeiros. O Filhos-do-Cauê não confirma as informações e não sabe dizer onde ele tem atuado. Assim que soubermos, publicaremos.

    Boa leitura e boa diversão.

    ResponderExcluir
  6. Ele não foi na reunião, segundo o Anastasia, para não constranger os demais prefeitos. Vocês sabem como é ciúme de homem. O Neids é malandro,perdeu a virgindade antes do pai dele :)))

    ResponderExcluir
  7. CALMA GENTE. ELE EMENDOU O FERIADÃO. HUAHAUHAUHAUAHAUH

    ResponderExcluir

São aceitos comentários com autoria não identificada (anônimos), desde que não exponham ou citem nomes de pessoas ou instituições de formas pejorativa, caluniosa, injuriosa ou difamatória e mesmo que sejam expostos de forma subliminar ou velada.

Durante o período eleitoral, não serão publicados comentários que citem nomes de candidatos, nem de forma elogiosa, nem crítica.

Caso queira postar uma denúncia, é necessária a identificação do autor (nome completo e e-mail para contato), para que o comentário seja validado. Caso não possa se expor, envie um e-mail para a editoria (contatoitafq@yahoo.com.br), para que a denúncia seja apurada e certificarmos que há condições legais e justas para pautarmos uma postagem.

EM FASE EXPERIMENTAL: Os interessados que tiverem conta no Facebook e que não queiram seus comentários submetidos à moderação podem solicitar as suas inclusões no grupo de discussões "Filhos das Minas", ou, caso já seja participante dele, basta postar seu comentário diretamente no Facebook.