Who's amoung us?

segunda-feira, 30 de maio de 2011

IMAGEM PEREGRINA DE NOSSA SENHORA APARECIDA SE DESPEDE DE SÃO GONÇALO

Depois de 3 dias de orações e de muita fé, onde esteve em São Gonçalo do Rio Abaixo, a imagem de Nossa Senhora Aparecida prepara-se para a próxima peregrinação, com destino à cidade de São Domingos do Prata-MG.

Sexta-feira foi dia de visitas. A Imagem da padroeira do Brasil foi levada às escolas, Apae, Senai, Câmara Municipal e Prefeitura. Nas escolas, não faltaram encenações feitas pelos alunos, de como ela foi encontrada, no rio Paraíba do Sul, localizado na região próxima de Aparecida do Norte, onde encontra-se o Santuário de Aparecida-SP.

No sábado, bem cedo, na Matriz de São Gonçalo, foi rezado o Terço e Ofício de Nossa Senhora. Às 9 da manhã, chegam os congadeiros das comunidades de Fernandes e Borges, para a saudação. Era chegada a hora de uma das mais ricas atrações culturais: a Missa Conga, celebrada pelo padre Eugênio Ferreira Lima, pároco de Nova Era.

Antigamente, os negros não podiam entrar nas Igrejas, lembra o padre Fernando Andrade: “...para eles, havia a Igrejinha do Rosário. Nos tempos de festa, os congadeiros chegavam só até a porta da Matriz e lá tinham que permanecer, hoje, podem entrar e celebrar esta bela Missa Conga, que trazemos hoje para vocês”.

O aposentado José Ribeiro vai além, na lembrança: “São Gonçalo era uma tristeza, um lugar triste. E as festas, sem graça. São Gonçalo, hoje, evoluiu. Qualquer coisa hoje é festa. Veja só que beleza de festa, que beleza esses congadeiros!”.

Às 11 e meia, de sábado, após a Missa e a apresentação dos congadeiros, o padre Fernando Andrade saiu com a Imagem em procissão pela cidade, acompanhado dos cavaleiros e amazonas. Às 2 da tarde, a Missa de despedida, com presença dos prefeitos Raimundo Nonato Barcelos (Nozinho), de São Gonçalo do Rio Abaixo, e Fernando Rolla, prefeito de São Domingos do Prata. Assim que terminou a missa, a Imagem foi conduzida em carreata, até o Parque de Exposições Edirlei Márcio Moreira Lacerda, onde decolou, no colo do padre José Ricardo, para a próxima visita.






Nenhum comentário:

Postar um comentário

São aceitos comentários com autoria não identificada (anônimos), desde que não exponham ou citem nomes de pessoas ou instituições de formas pejorativa, caluniosa, injuriosa ou difamatória e mesmo que sejam expostos de forma subliminar ou velada.

Durante o período eleitoral, não serão publicados comentários que citem nomes de candidatos, nem de forma elogiosa, nem crítica.

Caso queira postar uma denúncia, é necessária a identificação do autor (nome completo e e-mail para contato), para que o comentário seja validado. Caso não possa se expor, envie um e-mail para a editoria (contatoitafq@yahoo.com.br), para que a denúncia seja apurada e certificarmos que há condições legais e justas para pautarmos uma postagem.

EM FASE EXPERIMENTAL: Os interessados que tiverem conta no Facebook e que não queiram seus comentários submetidos à moderação podem solicitar as suas inclusões no grupo de discussões "Filhos das Minas", ou, caso já seja participante dele, basta postar seu comentário diretamente no Facebook.