Who's amoung us?

quarta-feira, 4 de maio de 2011

RESPOSTAS EM MASSA

A defesa do colega Armando Bello no Diário de Itabira e no portal Via Comercial para o governo João Izael, quando disse que os alunos da Unifei queriam "mamar" mais um pouco, referindo ao pedido deles de meio passe no transporte coletivo, acabou gerando contundentes respostas em massa.

Os alunos se articularam num Fórum fechado do Facebook, planejaram tudo e saíram em disparada. Por enquanto, só no Via Comercial. Até o momento, 64 comentários, sendo a maioria contrária à opinião dele (clique aqui para ver). Eles ainda planejam movimentos nas ruas e até lançarem um candidato para vereador, em 2012.

Justiça seja feita. Armando Bello, na minha opinião, por vezes peca em tentar defender integrantes do grupão e situações que não merecem. Mas não é total verdade que ele não critique e fique só do lado do grupão e dos "poderosos", como os comentaristas criticaram. Desde que ele se desligou da Prefeitura, já li algumas notas dele dando boas dicas para que o governo e alguns assessores se recuperem. Daí, de certa forma, considero injusto que tenha sido ele o alvo. Há outros militantes da mídia que puxam muito mais o saco do governo, porque, ao puxar, vem gordos volumes de dinheiro.

Vocês ainda duvidam da capacidade de reação do povo e do buraco em que o grupão se meteu?

2 comentários:

  1. Fernando, na minha opinião não foi nunca querer usar o Armando como alvo, entendo o que você quis dizer, mas os posts do Armando não nos deixaram outra atitude, se tem outros jornalistas que tem essas idéias, para mim primitivas, que se encaixem nessa "carapuça", valeu e continue o bom trabalho sendo sempre imparcial.

    ResponderExcluir
  2. Rsss sem fazer trocadilhos o "Armando" conseguiu "armar" para si mesmo ao querer implicar com os universitários e se deu mal. È claro que a livre manifestação de pensamento é prerrogativa que pertence a todos indistintamente, mas é preciso bom senso para não se estrepar e pelo jeito, o Armando ao querer futucar os alunos da UNIFEI, o fez com a vara curta e provando a própria picada.

    ResponderExcluir

São aceitos comentários com autoria não identificada (anônimos), desde que não exponham ou citem nomes de pessoas ou instituições de formas pejorativa, caluniosa, injuriosa ou difamatória e mesmo que sejam expostos de forma subliminar ou velada.

Durante o período eleitoral, não serão publicados comentários que citem nomes de candidatos, nem de forma elogiosa, nem crítica.

Caso queira postar uma denúncia, é necessária a identificação do autor (nome completo e e-mail para contato), para que o comentário seja validado. Caso não possa se expor, envie um e-mail para a editoria (contatoitafq@yahoo.com.br), para que a denúncia seja apurada e certificarmos que há condições legais e justas para pautarmos uma postagem.

EM FASE EXPERIMENTAL: Os interessados que tiverem conta no Facebook e que não queiram seus comentários submetidos à moderação podem solicitar as suas inclusões no grupo de discussões "Filhos das Minas", ou, caso já seja participante dele, basta postar seu comentário diretamente no Facebook.