Who's amoung us?

quarta-feira, 11 de maio de 2011

INTERESSANTES ARTICULAÇÕES

REITORIA DA UNIFEI: 
 Na quarta-feira passada, o reitor da Universidade Federal de Itajubá (Unifei), Renato de Aquino Faria Nunes (o mesmo que concedeu várias entrevistas em apoio ao João Izael, candidato à sucessão em 2008), em resposta às reivindicações dos alunos acerca da falta de local de alimentação, biblioteca reduzida e mal instalada e dos problemas de transportes, pôs manto quente nas manifestações ao prometer que, até fevereiro do ano que vem, deverá ser entregue um novo prédio de 6.000 m², a ser construído com estrutura pré-moldada, em caráter de  mais uma "solução temporária". 

Com relação ao RU - Restaurante Universitário com custos subsidiados - descartou a possibilidade da instalação, alegando "questões legais", não especificadas por ele na entrevista ao Diário de Itabira, de quarta-feira passada, mas prometeu a instalação de uma lanchonete para os próximos meses, para "minimizar o problema". Por fim, com relação à biblioteca, o pró-reitor, Luiz Gonzaga Mariano, fechou a discussão ao sentenciar que "não temos outro local para instalar...", então, "optei por deixá-la como está".

IMPRENSA: 
Depois de uma guerra verbal entre os alunos da Unifei e o colega Armando Bello, no Portal Via Comercial, quando o colunista sugeriu que eles queriam "mamar" nas tetas do governo, novo texto reforça a qualidade da construção do novo prédio.
 
O colega e amigo Marcos Gabiroba, na sua coluna do Diário de Itabira de ontem, teceu fartos elogios ao novo prédio da Unifei. Para o Gabiroba, o prédio "é um chuá, coisa de primeiro mundo... minunciosamente planejado, de arquitetura inteligente... constando de uma edificação baseada nos princípios e nos conceitos do neo ecodesenvolvimento, que procura aliar as novas tecnologias de ponta com a utilização do menor consumo de recursos naturais". E seguem mais elogios e descrições arquitetônicas, com justa observação. Gabiroba, também, reconhece, mas minimiza os problemas: "claro que existem problemas, tais como, biblioteca, cozinha, sala de refeições (inadequados), transporte ainda precário, que o próprio tempo será encarregado de solucioná-los". E pede a compreensão dos alunos: "exigindo, no momento, compreensão dos alunos de professores e de funcionários".

GOVERNO: 
Ainda segundo o Gabiroba, "o prefeito João Izael Querino Coelho (PR) bateu o martelo e determinou: a inauguração do prédio da Unifei/núcleo Itabira será no próximo dia 20. Falou quem pode, obedece quem tem juízo". Está dado o recado!

ALUNOS DA UNIFEI:
Ao que parece, diante das articulações da reitoria, da comunicação e do governo municipal, os alunos devem estar satisfeitos e confiantes. 
No principal canal de comunidação deles, no fórum "Unifei-Itabira", do Facebook, os alunos estão bem mais tranquilos e parecem satisfeitos. Brincam com os resultados dos jogos de futebol, definem moletons oficiais, programam baladas e partidas de jogos.  Parece ter dado certo as ações oficiais. 
Como diria o Gabiroba, "Tudo como dantes, no quartel de Anbrantes". 

2 comentários:

  1. É a velha tática sendo colocada em prática: "os colonizadores(políticos) chegam à terra de santa cruz(Local onde se ergueu o prédio) e presenteia os índios, primeiros habitantes(Itabiranos e alunos vindos de várias localidades), com espelhinhos e outras bugigangas e tá tudo resolvido(Prédio atual moderno, mas incompleto). Ninguém recusa ou protesta sobre o presente e aí fez-se toda aquela balbúrdia com informações desencontradas. Hoje conhecemos o resultado e somos um reflexo dele.

    ResponderExcluir
  2. Esse prefeito só pode estar de brincadeira né? "Fala quem pode, obedece quem tem juízo". Acho melhor ele rever isso que foi dito e rever suas atitudes, pois seu governo não é dos melhores sem falar que ele esta lidando com uma arma (estudantes).
    "Quem da o poder, pode também tirar esse poder!" Fica a dica.

    ResponderExcluir

São aceitos comentários com autoria não identificada (anônimos), desde que não exponham ou citem nomes de pessoas ou instituições de formas pejorativa, caluniosa, injuriosa ou difamatória e mesmo que sejam expostos de forma subliminar ou velada.

Durante o período eleitoral, não serão publicados comentários que citem nomes de candidatos, nem de forma elogiosa, nem crítica.

Caso queira postar uma denúncia, é necessária a identificação do autor (nome completo e e-mail para contato), para que o comentário seja validado. Caso não possa se expor, envie um e-mail para a editoria (contatoitafq@yahoo.com.br), para que a denúncia seja apurada e certificarmos que há condições legais e justas para pautarmos uma postagem.

EM FASE EXPERIMENTAL: Os interessados que tiverem conta no Facebook e que não queiram seus comentários submetidos à moderação podem solicitar as suas inclusões no grupo de discussões "Filhos das Minas", ou, caso já seja participante dele, basta postar seu comentário diretamente no Facebook.