Who's amoung us?

quinta-feira, 5 de maio de 2011

MAIS PRESSÃO NA CALDEIRA

Aviso para a "imprensa" que se presta a atender aos caprichos da Assessoria de Comunicação da Prefeitura, sob o comando do Fernando Silva: as antigas estratégias de só publicar coisas do interesse do grupão, de censurar, de filtrar comentários, de mandar pitt-bulls banguelos rosnarem contra os opositores e de tentar abafar os méritos dos outros políticos que ofuscam mais o governo municipal, não estão funcionando mais e está pegando mais mal ainda.

CENSURA EM PLENO TERCEIRO MILÊNIO

Um passarinho verde me contou que tem uma galera aí levantando comentários censurados pelos portais de notícias que recebem anúncios da Prefeitura. Segundo o relato, somam algumas centenas e não tarda chegar a milhares, de comentários censurados. E não são comentários anônimos que levantam denúncias sem provas ou que façam uso de palavras de baixo calão. Muitas das vezes, são cortados até por elogiar demais alguém que eles não querem que apareça muito.

E TOMEM MAIS LENHA

A galera da Unifei, ao perceber isso, tratou logo de abrir o próprio canal deles no Facebook e vem articulando com órgãos de imprensa livre para publicar os fatos que incomodam eles. Ontem, no fórum de discussões deles, eles criticaram muito o posicionamento de um portal que não validou alguns comentários deles, sobre a crítica do Armando. E olhem que o mesmo portal já havia validado uns 60 e tantos...


Fizemos contato com os responsáveis e pedidos a autorização para replicar aqui, para que vocês tenham idéia do que falo. Parte dos comentaristas já permitiu. Assim que tiver a autorização de todos que participaram, publicaremos aqui.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

São aceitos comentários com autoria não identificada (anônimos), desde que não exponham ou citem nomes de pessoas ou instituições de formas pejorativa, caluniosa, injuriosa ou difamatória e mesmo que sejam expostos de forma subliminar ou velada.

Durante o período eleitoral, não serão publicados comentários que citem nomes de candidatos, nem de forma elogiosa, nem crítica.

Caso queira postar uma denúncia, é necessária a identificação do autor (nome completo e e-mail para contato), para que o comentário seja validado. Caso não possa se expor, envie um e-mail para a editoria (contatoitafq@yahoo.com.br), para que a denúncia seja apurada e certificarmos que há condições legais e justas para pautarmos uma postagem.

EM FASE EXPERIMENTAL: Os interessados que tiverem conta no Facebook e que não queiram seus comentários submetidos à moderação podem solicitar as suas inclusões no grupo de discussões "Filhos das Minas", ou, caso já seja participante dele, basta postar seu comentário diretamente no Facebook.