Who's amoung us?

sexta-feira, 20 de maio de 2011

MEMÓRIAS PODEM FALHAR, MAS NÃO FOI O CASO

Bom dia, Márcio!

Que bom que saiu da moita. Sentimos sua falta aqui.

Bem, com relação à minha memória, que ressalvei possibilidade de erro, lamentavelmente, estava correta, sim. Liguei agora para o Zé da Penha, presidente do Sindsepmi, e ele confirmou que o Funcapi foi criado em agosto de 1995, pela lei municipal 3209, portanto, durante o mandato do saudoso Li. Outra confirmação do presidente é que o fundo, inicialmente, servia mesmo como complementação das aposentadorias de quem receberia acima do teto da Previdência, revisto anos depois, mas ainda em caráter ilegal. Já o(s) desvio(s) dos recursos para outros propósitos e a falta de transparência, vieram depois.

Com relação à reputação do Li, tenho muito o que elogiar, principalmente com relação à cultura e educação, quando tivemos os maiores saltos. Erros, é claro, ocorreram e este, segundo o presidente do Sindsepmi, é um deles, como ocorre com todo e qualquer político, que é ser humano capaz de cometê-los.

Abraços e não suma!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

São aceitos comentários com autoria não identificada (anônimos), desde que não exponham ou citem nomes de pessoas ou instituições de formas pejorativa, caluniosa, injuriosa ou difamatória e mesmo que sejam expostos de forma subliminar ou velada.

Durante o período eleitoral, não serão publicados comentários que citem nomes de candidatos, nem de forma elogiosa, nem crítica.

Caso queira postar uma denúncia, é necessária a identificação do autor (nome completo e e-mail para contato), para que o comentário seja validado. Caso não possa se expor, envie um e-mail para a editoria (contatoitafq@yahoo.com.br), para que a denúncia seja apurada e certificarmos que há condições legais e justas para pautarmos uma postagem.

EM FASE EXPERIMENTAL: Os interessados que tiverem conta no Facebook e que não queiram seus comentários submetidos à moderação podem solicitar as suas inclusões no grupo de discussões "Filhos das Minas", ou, caso já seja participante dele, basta postar seu comentário diretamente no Facebook.