Who's amoung us?

quinta-feira, 26 de maio de 2011

Itabira quer mais lazer e cultura...

Nas últimas semanas vários cidadãos, principalmente internautas, têm comentado sobre a necessidade de se realizar mais eventos culturais e de lazer em Itabira, fazendo referência principalmente a shows artísticos e outras atividades voltadas para o público jovem. Entre eles, destaco um comentário da Karine Antunes no Grupo "Opinião de Itabirano" (Facebook) em que ela incluiu a seguinte frase: “Enquanto em João Monlevade é anunciado show da Elza Soares, aqui cancelam shows e quem comprou os ingressos não consegue trocar.... TÁ DEMAIS!”.
Talvez seja hora de retomar, pra valer, as discussões sobre o funcionamento da nossa Fundação Cultural e sobre a criação da Secretaria Municipal de Cultura para implantar e gerir uma “política cultural” na terra do “poeta maior”, lembrando de “incluir” públicos de todas as camadas sociais e idades, principalmente os mais carentes e os jovens, que teriam mais acesso a cultura e lazer e mais uma alternativa para não seguirem os “maus caminhos”.
O que vocês acham?

4 comentários:

  1. Está ai uma boa forma de começar o trabalho pela revitalização do conceito de cultura para a cidade de Itabira e uma boa pauta de discussão para o recem empossado conselho de cultura que saiu "fresquinho do forno". Sei que o Festival de Inverno já será uma boa forma de provar a eficiência do pessoal, mas não deixa de ser interessante eles incluirem mais este assunto que a Karine sugere no rol de discussões e quem sabe, realizações da pauta.

    ResponderExcluir
  2. Olá, Professor Nivaldo!

    - Você realmente exerce sua cidadania. Militante das boas causas. Saúde, Educação, Segurança, enfim, ações sociais.
    - Parabéns! Não sei porque até hoje você não foi eleito vereador da nossa cidade. Na verdade eu sei: Idealista e boa índole - você não compra voto.
    - Bom, quanto à sua idéia, ela é ótima. Porém, paleativa. Antes dessas ações, é necessário resgatar os valores da família que há muito se perderam.
    - As famílias transferiram para o Estado a responsabilidade de educar seus filhos, e,
    - O Estado por sua vez com a ineficiência que lhe é peculiar, dá pão e circo para o povo.
    Vale ressaltar que a Democracia familiar, a Democracia escolar, a Democracia social, a Democracia politica, são responsáveis pela baderna geral que vivemos. Confira:

    - Famílias destruídas pelas drogas, divócios...;
    - Alunos não precisam de uniformes para ir à escola;
    - Conselho Tutelar, ECA, e outros, acobertam os marginais mirins, digo, os "menores em conflito com a lei";
    - Não há mais respeito às autoridades, civis, militares e eclesiasticas.
    Para não me estender, deixo uma máxima para sua reflexão: Se cada um varrer a porta de sua casa num mesmo instante, a cidade ficará limpa num mesmo intante! Ou seja, se cada família fizer a sua parte de educar, orientar e reprimir, toda a cidade terá paz. Ou, então continuará a receber o pão e o circo...

    ResponderExcluir
  3. Tenho frizado sempre, temos de melhorar a nossa Lei Drummond, aumentar os seus valores de renúncia fiscal e aproveitar suas sobras, que não são poucas, para o nosso Fundo Municipal de Cultura.
    Isto é premente neste momento e por falta de política cultural da atual administração é que nos encontramos nesta pasmaceira, sem contar a mixórdia que a prefeitura municipal disponibiliza para investimento cultural em nossa cidade e que deve ser separado de custeio da aFundação Cultural.
    Uma Secretaria de Cultura neste momento ia muito bem ao ensejo de nosso desenvolvimento cultural.

    ResponderExcluir
  4. Tenho uma dúvida, alguém poderia me ajudar?

    Seguinte, pq tanto o show do Jorge e Mateus quanto o show do Belo, está inserido nos alvarás como responsável legal e organizador dos referidos eventos o MCNI - Movimento de Consciência Negra de Itabira? Sendo que quando estoura a crise da não realizações dos eventos, quem aparece é a empresa Batuk? Pq a Batuk aparece se não há nada nos documentos (nem nos B.O) em nome da Batuk, e sim em nome do Movimento Negro - que é uma entidade que tem o objetivo de promover e valorizar a cultura negra? Que eu saiba, a Batuk é uma empresa privada que pertence aos "diretores" do Movimento Negro, então não estou vendo nenhuma conexão com a realização (ou não) dos eventos citados acima e que darão um retorno ou estão promovendo a cultura Negra. Da mesma forma, pq o reembolso dos ingressos (ou não) está sendo feito na sede do Movimento (na Cobal)? Mas não é a Batuk a organizadora? Até a sede do Movimento estão usando pra isto? Pra quem for realizar um evento de grande porte como este, há isenção de impostos quando se é contratado por uma entidade em relação de uma empresa privada?
    Axo q estas pessoas estão "manchando" o nome de uma entidade que deveria zelar pelos seus princípios e ideologias pra ter lucro no bolso de pouquíssimas pessoas que se julgam defensores da causa. São perguntas que tenho e acredito que quem está acompanhando esta crise de perto deveria obter respostas

    ResponderExcluir

São aceitos comentários com autoria não identificada (anônimos), desde que não exponham ou citem nomes de pessoas ou instituições de formas pejorativa, caluniosa, injuriosa ou difamatória e mesmo que sejam expostos de forma subliminar ou velada.

Durante o período eleitoral, não serão publicados comentários que citem nomes de candidatos, nem de forma elogiosa, nem crítica.

Caso queira postar uma denúncia, é necessária a identificação do autor (nome completo e e-mail para contato), para que o comentário seja validado. Caso não possa se expor, envie um e-mail para a editoria (contatoitafq@yahoo.com.br), para que a denúncia seja apurada e certificarmos que há condições legais e justas para pautarmos uma postagem.

EM FASE EXPERIMENTAL: Os interessados que tiverem conta no Facebook e que não queiram seus comentários submetidos à moderação podem solicitar as suas inclusões no grupo de discussões "Filhos das Minas", ou, caso já seja participante dele, basta postar seu comentário diretamente no Facebook.